Violência

Vítima de disparos em Mossoró morre no Hospital Regional Tarcísio Maia

Em março de 2014, Fagner Almeida foi preso, suspeito de incendiar um ônibus coletivo da empresa Sideral no Conjunto Vingt Rosado.



Fagner de Almeida Marinho conhecido como Faguinho de 24 anos de idade, baleado no final da manhã de quinta feira (23) no bairro Pintos não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu na manhã deste domingo (26), no Hospital Regional Tarcísio Maia onde estava internado.

Faguinho foi alvejado com dois tiros na cabeça, na Avenida Francisco Mota, no bairro Pintos onde morava. Ele foi socorrido pela ambulância do Samu até o Hospital Regional Tarcísio Maia.

Em março de 2014, Fagner Almeida foi preso, suspeito de incendiar um ônibus coletivo da empresa Sideral no Conjunto Vingt Rosado. Dias depois foi preso novamente, por porte de droga e mais uma vez posto em liberdade.

A Polícia ainda não tem informações sobre a motivação do crime, nem quem seria o responsável pelos disparos. O caso que estava sendo investigado como tentativa de homicídio, agora passar apurado como homicídio.

Com a morte de Fagner Almeida ocorrida neste domingo (26), Mossoró contabiliza 54 homicídios em 2017.

 

Notícias semelhantes