União necessária, mas…

Faltando pouco mais de um ano para as eleições municipais de 2020, os candidatos sabem que um projeto político-eleitoral que se pretende vitorioso precisa estar sendo tocado agora. A régua e compasso. Principalmente no caso de candidaturas majoritárias.

É o que acontece, por exemplo, no caso de Mossoró em que a atual prefeita Rosalba Ciarlini é, naturalmente candidata à reeleição e, pela condição de comandar os destinos da municipalidade já está no imaginário eleitoral coletivo dos mossoroenses. Conta-se ainda a seu favor o fato de contar com a máquina.

Do outro lado, pelo menos 4 candidatos alimentam a possibilidade de enfrentar o desafio de lutar pelo comando da prefeitura da cidade. O geógrafo e professor Gutemberg Dias já teve sua pré-candidatura lançada pelo PC do B, enquanto ps deputados Alysson Bezerra (Solidariedade) e Isolda Dantas (PT) também alimentam o mesmo desejo. O empresário Tião Couto é outro com propósito igual.

Para Gutemberg, Alysson e Isolda, somente a união entre os candidatos de oposição lhes tará possibilidade de vitória. A opinião de Tião sobre o tema ainda é desconhecida. Resta saber dos demais, quais terão o espírito público suficiente para abrir mão da candidatura em prol do projeto maior.

Poesia

Os repentistas João Lourenço e Hipólito Moura estarão na segunda cantoria dos amigos, que acontece no próximo dia 24 de agosto, no restaurante Sabores do Sertão, localizada às margens da RN 117 (estrada Mossoró – Governador Dix-sept Rosado). A organização é de Everaldo Pereira.

Toffoli

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) parece estar sendo usado como menino de recado de alguém. Sempre que as coisas parecem criar alguma dificuldade para os inquilinos do Palácio do Planalto, ele sai da toca para dar alguma declaração em tom de ameaça a prováveis adversários dos donos do poder.

Organização

De parabéns a prefeitura pelo Mossoró Cidade Junina 2019. Uma das melhores edições desde que foi criado. Organização e segurança muito boas.

Ministro do Turismo

Como todo mundo sabe que o Bolsonaro tem envolvimento com laranjas, dificilmente ele demitirá o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, acusado desse tipo de crime.

 

Notícias semelhantes