Uma proposta para o futuro

Como estamos vivendo um momento de debates e apresentação de propostas para o futuro, resolvi deixar a minha também. Não sou candidato nas eleições 2020, mas, na condição de cidadão curioso com a cena política, observo uma falta de compromisso com o eleitor que pode ser corrigida. A questão diz respeito aos deputados e senadores que recebem votos e são eleitos com a promessa de representar o povo durante quatro anos, porém, logo na eleição seguinte resolvem “abandonar” o posto e tentar uma vaga na prefeitura na condição de candidato a prefeito.

Coloquei “abandonar” entre aspas porque na verdade esse ato só irá se concretizar em caso de vitória do postulante. É aqui que entra minha proposta, em forma de sugestão, para o futuro. Seria o seguinte: Aquele deputado(a) ou senador(a) que resolver se candidatar ao cargo de prefeito, eleito ou não, perdesse o direito de retornar ao parlamento. Às vezes, mesmo sabendo que não consegue êxito no pleito municipal, o deputado ou deputada e o senador ou senadora, entra na disputa com o único objetivo de fortalecer sua imagem. Então, reforço a proposta, se pleiteia a vaga de prefeito(a), perde a vaga na Assembleia Legislativa ou no Senado Federal a partir do registro desta candidatura. Se gostou, espalhe essa ideia.


A FALTA DE ESTRUTURA NO ITEP-RN

Sem fazer aqui nenhum juízo de valor da conduta da vítima quando em vida, quero me reportar exclusivamente a falta de estrutura do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) do Rio Grande do Norte, unidade de Mossoró que atende cerca de 67 municípios. Na terça-feira, 20, uma pessoa foi assassinada por volta das 5:00, ou seja, ainda na madrugada, na cidade de Tibau-RN e, pelas informações, o corpo permaneceu no local até às 13:00 por conta de mais duas ocorrências, fora de Mossoró, nas quais foram utilizadas o mesmo rabecão que teria que pegar o corpo na Região da Costa Branca.

Além do fato do corpo permanecer estirado por várias horas em via pública, foi preciso manter a viatura e policiais no local até a chegada da equipe do ITEP. Isso significa que faltou estrutura para a realização de um trabalho digno e ainda se criou insegurança na cidade com policiais e sua viatura parados para manter o local do homicídio em condições de perícia e a guarda do corpo. Uma cidade do porte de Mossoró e a cobertura que faz em relação aos serviços prestados por tão importante órgão, merece melhor atenção de governantes e demais representantes.

CONCURSO PARA A PC DO RN

Uma boa notícia para o período no qual a discussão sobre emprego anda no vermelho. O governo do Rio Grande do Norte poderá anunciar a qualquer momento o edital do concurso para a Polícia Civil. Pelas últimas informações o concurso PC RN está devidamente autorizado, já tendo inclusive formado uma comissão para cuidar do tema e a banca será a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Então, concurseiros de plantão com foco em segurança pública, fiquem atentos ao noticiário.

A espera foi longa, mas, pelo desenho do momento, parece que agora não tem retorno e o concurso vai sair mesmo. Ao todo serão ofertadas 301 vagas com a seguinte divisão: 230 vagas serão disponibilizadas para Agente, ficando Escrivão com 24 e mais 47 vagas para Delegado. Atualmente o salário inicial de Agentes e Escrivães gira em torno dos R$ 3.755, com previsão de aumento para R$ 4.731,00. Já o salário do Delegado a previsão é de R$ 16.760,00. Enquanto não sai o edital, a ordem é adiantar o reforço nos estudos.

POLITIZAÇÃO DA VACINA

Atitudes extremas levam a radicalização que não leva a lugar nenhum. Depois de muita briga, lá no começo do ano, para saber quem determinava como deveria ser feito o combate inicial ao novo coronavírus, agora estão brigando para saber quem será o pai da vacina e, para piorar mais um pouco, se essa vacina no Brasil será obrigatória ou não. Só consigo definir essa turma, não importa o lado, como sendo um bando de irresponsáveis a partir do momento que resolvem politizar um assunto tão sério.

O noticiário, dependendo do interesse daquele que informa, tem sempre uma lei para fortalecer o argumento se é contra ou a favor. Tem lei dizendo quem determina obrigatoriedade, e também tem lei que fala da obrigatoriedade da vacina. Essa observa que, ao Mistério da Saúde cabe determinar qual. Eu aproveito, vou a Constituição e acrescento, o Artigo 5º, inciso II – ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude da lei. E lá no art. 60, § 4º, inciso IV, aqui estamos falando em cláusula pétrea, não pode mexer, fala sobre os direitos e garantias individuais. Entre outras leis. Na verdade nós queremos algo que coloque um fim na pandemia. Desçam do palanque.

A DISPUTA É BOA NO PAÍS DE MOSSORÓ

O ex-governador de Minas Gerais e deputado federal, Magalhães Pinto, costumava dizer que, “em barriga de mulher, boca de urna e mineração, o resultado só se sabe na apuração”. Olha, trazendo para os dias atuais, já podemos retirar da frase a parte que fala em “barriga de mulher”, pois agora é possível saber muito antes do nascimento, inclusive se menino ou menina, sempre uma das principais curiosidades. A mineração vamos deixar de lado e nos reportar a “boca de urna”, ou mais especificamente a urna na qual se deposita o voto.

Apesar das muitas pesquisas que oferecem uma ideia de determinados momentos do processo eleitoral, hoje é uma missão que beira ao impossível afirmar qual será o resultado das urnas. Lembrem-se de eleições nas quais as pesquisas já traziam junto a certidão de posse do eleito e, ao fim da contagem, o resultado era bem diferente. Disse tudo isso para apontar a boa disputa na campanha no “país” de Mossoró-RN, polarizada entre a atual prefeita Rosalba Ciarlini e, olhem a primeira surpresa, o deputado Allyson Bezerra. A expectativa de ameaça ao nome de Rosalba, antes da campanha começar pra valer, era um confronto mais duro envolvendo a ex-vereadora de Mossoró Isolda Dantas e a ex-vereadora e ex-prefeita Cláudia Regina. Mas, como falei, ainda tem o ato final, o voto depositado na urna e a sua contagem.

AS BOAS OPÇÕES EXISTEM PARA O LEGISLATIVO

Tem sido engraçado acompanhar nas redes sociais a publicação de alguns vídeos relacionados a campanha de vereador em diferentes cidades do Brasil. Cenas e palavras absurdamente engraçadas, para não dizer outra coisa, enfim, minha primeira atitude é de respeitar o outro, mas, se estiver bem perto e insistir com a bobagem, corre sério risco de ouvir alguns impropérios. Felizmente essa não é a regra, pois existem sim boas opções para mandar ocupar uma cadeira na Câmara Municipal.

No Rio Grande do Norte, por exemplo, em várias cidades conheço pessoas dignas de representar seu povo. Algumas delas já com mandato e outras, não menos qualificadas, colocando seus nomes para avaliação do eleitor. Faço esse contraponto sem nenhum compromisso, pois não citei nomes, nosso objetivo é alertar para a existência dos, digamos assim, candidatos gaiatos e aqueles que realmente estão preparados para continuar servindo ou começar essa missão em favor do povo no legislativo. Em tempo: tem todo meu respeito a opinião em contrário.

MENSAGEM

“Jamais escravize a sua consciência: você é quem nunca será livre”.

Extraído do site: mensagens professor Bonato.

QUEM ASSUME O ESTÁDIO NOGUEIRÃO?

Como perguntar não paga IPTU, eu logo pergunto: Qual dos candidatos a prefeito(a) de Mossoró-RN terá a coragem de assumir apoio para recuperação do estádio Professor Manoel Leonardo Nogueira? O primeiro passo seria desatar o nó da municipalização ou não da praça esportiva. O tema inclusive já chegou a ser debatido oficialmente entre prefeitura e Câmara Municipal, depois sumiu do mapa. Originalmente o estádio tem a tutela da Liga Desportiva Mossoroense que, no aspecto financeiro, não tem como mantê-lo.

Só deixo aqui uma dica, não vale fazer pouse para os fotógrafos mostrando uma maquete do estádio e falar que o dinheiro da reforma estava ouvindo a conversa só esperando o sinal verde, isso já foi feito e não deu em nada. Se algum candidato vai se arriscar no tema, que venha com solução definitiva e com prazo de validade. Isso significa uma proposta dentro do plano de governo, devidamente registrada. Também não vale o compromisso verbal, infelizmente a desconfiança pesa sobre todos. Ficar só no discurso de que o esporte é meio para inclusão dos jovens no sentido de afasta-los de caminhos errados, não basta. Precisamos de atitude.

ANO LETIVO 2020 PODE RETORNAR EM FEVEREIRO DE 2021

Depois de avaliar como impossível retomar a rotina de aulas ainda em 2020, a nova previsão da Secretaria de Educação do Rio Grande do Norte para a retomada do ano letivo vai ficando mesmo para 2021. Dependendo da situação em torno do controle da pandemia da Covid-19, o governo planeja concluir 2020 a partir do dia 1º de fevereiro do próximo ano. Para concluir, as aulas iriam até o mês de março.

Mas, dentro do novo normal, as aulas do ensino médio irão acontecer no sistema híbrido, ou seja, atividades presenciais e não presenciais. O período seria para concluir o ano letivo de 2020 que terá sua primeira etapa ainda nesta reta de final de ano. Para suprir o período de suspensão quando a pandemia alcançou o Brasil, a secretaria determinou que todas as unidades escolares e seus professores desenvolvam atividades não presenciais até o dia 18 de dezembro próximo. Não tem jeito, mesmo acreditando no empenho de todos os envolvidos, os prejuízos são inevitáveis.

O HOMEM É FORTE MESMO

Depois de ser posto em liberdade por uma decisão monocrática do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, o agora foragido da justiça André de Oliveira Macedo, o André do Rap, obteve mais uma vitória nos tribunais. O integrante do tráfico internacional de drogas foi agraciado com a extinção de uma ação penal que pesava contra ele pelo crime de organização criminosa.

André do Rap havia sido denunciado pelo Ministério Público Federal por tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico e constituição de organização criminosa. As duas primeiras acusações terminaram com uma pena de 15 anos, porém o juiz Roberto Lemos, da 5ª Vara Federal de Santos, considerou não haver provas para condenação no crime organizado. O MPF ainda recorreu da decisão em primeira instância, mas o TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) decidiu extinguir a ação. O entendimento é de que André já foi julgado e condenado pelos mesmos fatos em outro processo. Seus defensores asseguram que ele irá provar inocência em todas as acusações. O homem é forte mesmo.

ESQUEMA DIA DA ELEIÇÃO

Pela responsabilidade de cada um, desnecessário se faz lembrar que a pandemia da Covid-19 continua e, como temos eleições esse ano para escolha de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, medidas de segurança já foram anunciadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o dia 15 de novembro, data da eleição. Distanciamento social, uso de máscara, higienizar as mãos e, ainda em relação as máscaras, não será permita a sua retirada sobre o pretexto de fazer uma refeição ou mero lanche nos locais de votação. E mais, quem tiver com sintomas da doença a recomendação é de não comparecer às urnas.

E o horário de votação, muda alguma coisa? Muda sim. Nos anos anteriores o pleito tinha seu início a partir das 8:00 e terminava às 17:00. Na eleição de 2020 a votação terá início às 7:00 indo até as 17:00. O detalhe é, no período em que as seções estiverem abertas, o horário das 7:00 às 10:00 será mantido um esquema preferencial para que pessoas com mais de 60 anos possam votar. Essa faixa é considerada como sendo do grupo de maior risco para contrair a Covid-19. Se ligue no detalhe e respeitem as determinações.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...