Pandemia

Ufersa suspende atividades presenciais em suas unidades

Universidade emite nota para anunciar decisão do Consuni de adoção de medidas restritivas e protetivas

Diante da decisão do Conselho Universitário (CONSUNI), tomada após autoconvocação e divulgada na segunda-feira, 15, que suspendeu as Portarias Ufersa/Gabinete, de número 22 e 100, de 15 de janeiro e 02 de março de 2021, respectivamente, a Reitoria da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, divulgou nesta terça-feira, 16, Nota Técnica com as diretrizes para o cumprimento da decisão do Conselho Universitário.

A Reitoria da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), instituiu medidas restritivas e protetivas visando resguardar toda a comunidade acadêmica e membros da sociedade que utilizam os serviços da Universidade, contra a proliferação do Covid-19. A

O anúncio atende a Nota Técnica com as diretrizes para o cumprimento da decisão do Conselho Universitário (CONSUNI), tomada após autoconvocação  que suspendeu as Portarias Ufersa/Gabinete, de número 22 e 100, de 15 de janeiro e 02 de março de 2021, respectivamente, divulgado ontem, 16.

A decisão inclui a suspensão de todas as atividades presenciais em todos os campi da Ufersa. Ficam suspensas as práticas desportivas, o acesso a Fazenda experimental, o atendimento no posto de serviço da Caixa Econômica, a sala do INCRA e da Fundação Guimarães Duque. Também vão ficar paralisadas as atividades nos laboratórios, salas de professores, departamentos e centros e demais dependências. O funcionamento da biblioteca também será fechado, bem como o retorno dos estudantes as vilas acadêmicas.

Apenas vão funcionar as atividades presenciais de atendimento e manutenção da vida e saúde de pessoas e animais, realizadas pelo Ambulatório de Medicina e Hospital Veterinário. As perícias médicas realizadas pela Divisão de Atenção à Saúde do Servidor – DASS serão mantidas.

Quanto aos serviços administrativos internos vão funcionar unicamente as atividades imprescindíveis. Cada chefia de unidade definirá a forma de trabalho dos integrantes da equipe – presencial ou híbrido, dando preferência ao trabalho remoto, em toda e qualquer unidade da instituição.

A nota também proíbe o acesso aos campi pelo público externo. O acesso será apenas para servidores, estagiários e terceirizados com atividades presenciais imprescindíveis, bem como usuários do Ambulatório de Medicina e Hospital Veterinário. A decisão tem validade até sair nova resolução do Consuni.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...