Movimento

Trabalhadores dos Correios entram em greve por tempo indeterminado

Os servidores afirmam que o movimento é contra a privatização da instituição.

Funcionários dos Correios estão em greve por tempo indeterminado. De acordo com o Sindicato dos Correios do Rio Grande do Norte (Sintect-RN), a paralisação não tem data prevista para o fim e os servidores afirmam que o movimento é contra a privatização da instituição.

Em Mossoró, no Oeste potiguar, houve protestos da categoria. “Privatização é sinônimo de perda de emprego e, diante do quadro econômico, seria um tiro no pé”, afirma José Edilson, presidente do Sintect-RN.

Também houve um ato público na Avenida Hermes da Fonseca, em frente ao Complexo dos Correios, no Tirol, Zona Leste de Natal.

Notícias semelhantes