Para evitar contaminação

Sindicato pede suspensão de visitas domiciliares de agentes saúde

Para o Sindiserpum, continuidade desse tipo de atividade coloca saúde dos profissionais em risco por conta do coronavírus

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum) protocolou segunda-feira (23/3), junto à Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) ofício cobrando que sejam suspensas as visitas domiciliares dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e dos Agentes de Combate às Endemias (ACE), tendo em vista as recomendações dos órgãos de saúde quanto à prevenção e contenção do Coronavírus.

“A continuidade das visitas domiciliares coloca os ACS/ACE em situação de grave risco de transmissão e recepção do vírus. Sugerimos que continue o combate ao Aedes aegypti, a Zica e Chikungunya através de medidas que não envolvam aproximação entre os ACS/ACE com as famílias. Neste momento, ficar afastado do outro e proteger os profissionais de saúde é o melhor que podemos fazer”, comunicou em nota a presidente do Sindiserpum, Marleide Cunha.

Aplicação de inseticidas adequados, atendimento à denúncias via telefone e o monitoramento de pontos estratégicos, além de campanhas de conscientização à população são algumas das alternativas sugeridas pelo Sindiserpum para reforçar o combate à Zika e Chikungunya, que também sabe-se ser de suma importância neste momento. (Fonte: Assessoria de Comunicação do SINDISERPUM)

VEJA O OFICIO AQUI

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...