alimentação

Secretaria negocia redução do preço dos itens da merenda escolar

A economia, que chegará a 216 escolas estaduais, representa uma melhoria na qualidade da alimentação oferecida aos alunos, uma vez que a escola poderá ampliar a quantidade de alimentação comprada

A alimentação escolar é um elemento fundamental para o desenvolvimento integral do estudante. Cada escola é responsável pela compra dos itens que compõe o cardápio oferecido nas unidades de ensino. Essa compra é regida por uma lista de gêneros alimentícios, escolhidos pelo setor de alimentação escolar da Secretaria de Educação do RN, e fornecida por meio de licitação. Em diálogo com a empresa fornecedora da merenda, tendo em vista o uso eficiente do erário, a SEEC negociou a redução dos valores dos produtos, gerando uma economia de R$ 300 mil.

A economia, que chegará a 216 escolas estaduais, representa uma melhoria na qualidade da alimentação oferecida aos alunos, uma vez que a escola poderá ampliar a quantidade de alimentação comprada. “A redução dos preços foi alcançada pela capacidade de diálogo entre a secretaria e a empresa licitada. Observando que é possível diminuir os valores, as escolas poderão escolher mais produtos, aumentando, por exemplo, a quantidade de merenda servida”, explicou Josélia Maria da Silva, presidente do Conselho de Alimentação Escolar.

A alteração de preços foi publicada no Diário Oficial do Estado da última quinta-feira (13). A SEEC também instituiu a Comissão Especial de Acompanhamento da Comissão de Pesquisa de Preços, para fiscalizar o resultado das planilhas dos preços dos gêneros alimentícios da alimentação escolar da Rede Estadual de Ensino.

A alimentação escolar é executada de forma descentralizada, de maneira que o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) repassa recursos à SEEC que, por sua vez, transfere os valores, em dez parcelas anuais, aos caixas das escolas.

A equipe de nutricionistas da Subcoordenadoria de Assistência ao Educando (SUASE) e os técnicos das oito Diretorias Regionais de Alimentação Escolar (DRAE) são responsáveis pela elaboração dos cardápios e também realizam visitas técnicas para supervisionar a execução dos Programas da Alimentação Escolar destacando a organização de estoque de gêneros alimentícios, condições higiênico-sanitárias das Unidades de Alimentação e Nutrição (UAN), preparo dos alimentos, fiscalização da entrega dos gêneros pelos fornecedores, vistoria das prestações de conta e fiscalização do trabalho dos manipuladores de alimentos.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...