Rosalba joga para a plateia, mas precisa ser mais cuidadosa com a verdade



Entoar frases de efeito, potencializar pequenos gestos e, com isso, inflamar a parte da população que acredita em seus atos, são ações comuns entre os políticos. Tão velho quanto corriqueiro. Eficaz ou não, vem sendo sempre lançado à mão por nossos governantes. Em alguns períodos e situações, é o que resta a eles.

Parece ser o que ocorre com a prefeita Rosalba Ciarlini. Desmascaradas em suas frágeis estratégias, vem fazendo uso da vassalagem de parte dos vereadores e de alguns servidores comissionados (ou com cargos de confiança) para tentar desconstruir a verdade. E como tem apresentado inverdades nesse seu intento, a prefeita de Mossoró. Aliás, a chefe do Executivo tem faltando bastante com a verdade. E insistido nisso.

A cereja desse bolo tem sido a informação (inverídica) repassada por ela à imprensa de que está disposta ao diálogo com os grevistas. Enquanto Rosalba insiste em propagar essa inverdade. Por outro lado, a direção do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM) tem apresentado aos órgãos de comunicação os ofícios pedindo audiência com a prefeita sem que tenham sido atendidos. São pelo menos 5 deles ignorados solenemente.

A prefeita tem usado á exaustão os espaços de jornal e, principalmente, blogueiros de qualidade ética duvidosa, para tentar atacar o SINDISERPUM. E fazer valer suas informações. A principal delas, a de que paga acima do Piso Nacional. Rosalba tem jogado muito para a plateia. É uma estratégia que tem seus riscos. Sobretudo, porque a prefeita não tem tratado a verdade com o zelo que ela merece.

Bom exemplo
Em Ruy Barbosa/RN, o sindicato dos servidores públicos municipais daquela cidade, também em luta pelo reajuste do Piso do Magistério, foi recebido pelo prefeito e pelo secretário municipal da Educação. O diálogo sempre é o melhor caminho.

Greve em Mossoró
Nesta terça-feira, (26/3), os professores da rede municipal de ensino se reúnem em assembleia para avaliar o movimento e definir estratégias. Diante da intransigência da prefeita Rosalba Ciarlini, a greve deverá continuar.

Todos à Câmara Municipal
Na próxima quinta-feira, dia (28/3), acontecerá na Câmara Municipal de Mossoró a sessão especial em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Na oportunidade, será entregue a Medalha Celina Guimarães a mulheres com atuação de destaque na cidade. A presidente do SINDISERPUM, Marleide Cunha, tinha sido uma das indicadas. Os vereadores governistas, em maioria na Casa, derrubaram a proposição ao conceder à sindicalista o título de persona non grata, que a impede de ser homenageada pelo Legislativo.

Sendo clara
A juíza Lygia Maria de Godoy Batista Cavalcanti da 9ª Vara do Trabalho de Natal, ao determinar que a Petrobras desconte da folha de pagamento dos trabalhadores, filiados ao Sindipreto/RN, valor referente ao pagamento mensal da contribuição voluntária ao sindicato, afirmou sem meias palavras que “uma das faces perversas dessa canhestra Reforma (trabalhista) é exatamente inviabilizar o movimento sindical”. Mais clara, impossível. Pena que poucos magistrados tenham atitude e coragem semelhantes.

Décimo e férias no Legislativo
Legal, mas imoral. São apenas instrumentos que estão sendo criados para justificar os futuros gastos e evitar que as sobras sejam devolvidas ao Executivo.

Venda de férias e licenças no Judiciário
Legal, mas imoral. São apenas instrumentos que estão sendo criados para justificar os futuros gastos e evitar que as sobras sejam devolvidas ao Executivo.

 

Notícias semelhantes