MCJ VIRTUAL

Quadrilhas juninas são valorizadas e grupos aprovam iniciativa

Está sendo concluído hoje, 4, o credenciamento dos grupos que irão representar as quadrilhas durante o Mossoró Cidade Junina Virtual. Até o momento, 12 quadrilhas já se inscreveram para compor o quadro artístico-cultural. Cada grupo terá, no máximo quatro representantes. A Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), garantirá incentivos financeiros aos grupos participantes como forma de valorizar as quadrilhas juninas que representam importante manifestação cultural de Mossoró.

O lançamento do Mossoró Cidade Junina Virtual, será no próximo sábado, 12, durante a live Pingo da Mei Dia. A apresentação das quadrilhas selecionadas ocorrerá por meio de exibição presencial de dança, estando limitada a quatro componentes, ou seja, dois pares, devido às medidas sanitárias de combate à pandemia da Covid-19. Todos os participantes serão testados e só entrarão no Polo de Cultura Popular após resultado negativo no teste da Covid-19. O uso de máscara de proteção é obrigatório.

Cada quadrilha junina contratada receberá o valor de R$ 2.000,00 em cachê, sendo que o pagamento será efetuado a um responsável financeiro de cada quadrilha junina pela participação no MCJ 2021 Virtual e os recursos são incentivos para continuidade das manifestações culturais dos grupos juninos. O valor foi definido a partir de consulta aos quadrilheiros, considerando as atuais circunstâncias financeiras e sanitárias, bem como pelo formato selecionado da exibição das quadrilhas e festivais de quadrilha passados. Desses valores serão deduzidos os impostos legalmente previstos.

A iniciativa de valorização das quadrilhas juninas mossoroenses foi aprovada pelos quadrilheiros. Uma das quadrilhas beneficiadas é Alegria Matutinha. O grupo do Alto do São Manoel, da categoria tradicional matuta, reúne crianças e adolescentes desde 2008 para dançar quadrilha. “É muito importante essa valorização da Prefeitura de Mossoró junto com as quadrilhas juninas. Porque a quadrilha junina ela está morrendo a cada dia, a cada ano que se passa. Com essa pandemia aumentou número de pessoas que não querem participar. A prefeitura está dando esse incentivo para quadrilha junina, uma prioridade para quando toda essa pandemia passar a quadrilha possa continuar normalmente. Isso é muito importante para cultura de Mossoró, para a cultura do estado e para cultura do Brasil”, destacou Jailton Oliveira, diretor da Alegria Matutinha e um dos representantes do grupo que reúne várias quadrilhas juninas do município.

As quadrilhas Erro de Cálculo (categoria tradilizada adulta) e a Juventude Nordestina (estilizada infantil) do bairro Bom Jardim também se inscreveram e participarão do MCJ 2021 Virtual com seus casais de quadrilheiros representantes. Carlitos Lucas, diretor das duas quadrilhas juninas, que o Chamamento Público dos grupos é importante para fomentar as tradições das quadrilhas juninas da cidade.

“É muito importante que a prefeitura chame essas quadrilhas, é muito importante ter um banco de dados e que registre os donos, que registre cada estilo de quadrilha porque o Mossoró Cidade Junina já é uma identidade de Mossoró. O Mossoró Cidade Junina é o ano todinho, começa a partir das escolas, educando a criança, mostrando nossa cultura regional, mostrando nossas danças e nossas músicas. Quando chega o mês de junho é apenas a concretização de tudo isso. Esse ano como Mossoró Cidade Junina está sendo virtual, graças a Deus tinha que ter alguma coisa porque já estávamos morrendo de saudade da cultura mossoroense. Com apoio da Prefeitura de Mossoró e da Secretaria de Cultura isso é muito importante para que a cultura resgate nossos laços culturais, nossos laços emocionais e que possamos combater a Covid através da arte, da dança e da cultura. Tantas famílias sofrendo e isso pode ser um alento para que todos os mossoroenses fiquem mais felizes”, enfatizou Carlitos Lucas.

Do bairro Santo Antônio, as quadrilhas tracionais matutas Sonho do Sertão (adulta) e Noite de São João (infantil) terão quatro pares cada uma se apresentando no Polo de Cultura Popular ao som de muito forró acompanhadas por regionais, que são as bandas de forró pé de serra que animam as quadrilhas. “Nesse momento está muito complicado e difícil para os artistas quadrilheiros, principalmente nesse mês de junho, essa oportunidade é muito boa. Esse trabalho que estão fazendo, essa ajuda que estão dando as quadrilhas é muito boa”, enfatizou Josivan Paulo, diretor das quadrilhas Sonho do Sertão e Noite de São João.

Trabalho Social

Além de promover a cultura popular nordestina, as quadrilhas juninas historicamente são também importantes mobilizadores sociais, que atuam com crianças, adolescentes e jovens de Mossoró. Os grupos realizam ações sociais e coletivas.

“O papel social da quadrilha é muito importante. Para você ter a ideia antigamente eu fazia quadrilha adulta, agora estou trabalhando com crianças e adolescentes, porque eu passei a perceber que trabalhar com adulto ele já tem todo um caminho percorrido. Você pegar as crianças da base implanta melhor a parte cultural e social da criança junto com as comunidades. A parte social é muito importante”, enfatizou o diretor da quadrilha Alegria Matutinha, Jailton Oliveira.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...