Decreto

Prefeitura de Mossoró prorroga isolamento social até 30 de junho

A prorrogação do prazo considera a situação da pandemia na cidade e a taxa de ocupação dos leitos de UTI

Prefeitura de Mossoró prorrogou, até o dia 30 de junho, as medidas restritivas voltadas ao funcionamento do comércio e serviços, mantidas as exceções. A expectativa é que a reabertura gradual ocorra a partir de 1° de julho.

O novo decreto, de número 5.708, altera o de número 5.631, estendendo o prazo do fechamento do comércio não essencial. Sendo assim, seguem fechados os estabelecimentos que não estão citados entre as exceções.

A prorrogação do prazo considera a situação da pandemia na cidade e a taxa de ocupação dos leitos de UTI, além da estruturação de equipamentos de saúde dedicados ao cuidado e tratamento da COVID-19. Mossoró tem, de acordo com o Boletim Epidemiológico de terça-feira, 23/6, 138 casos suspeitos de Covid-19, além de 2029 casos confirmados, e 107 óbitos causados pela doença.

“Estamos analisando a conjuntura através de um trabalho realizado em consonância com o comitê de enfrentamento ao novo coronavírus. Nossas decisões são determinadas por essas avaliações e por isso decidimos estender o prazo até o próximo dia 30”, informa a prefeita Rosalba Ciarlini.

O Município já conta com um plano de reabertura da economia local que será anunciado quando for entrar em vigor.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...