Caso Renata Ranyelle

[VÍDEO] Polícia prende suspeito de matar ex-namorada no interior do RN

Renata Ranyelle foi baleada no rosto no dia 23 de novembro, dentro da loja em que trabalhava como vendedora.

 

Paulo Roberto da Silva, de 36 anos, suspeito de ter matado Renata Ranyelle Almeida, de 23 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira (11), em Guarulhos, no estado de São Paulo. Ela foi baleada no rosto no dia 23 de novembro, dentro da loja em que trabalhava.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi encontrado em um depósito que pertence a um amigo. Ele foi detido pelo grupo Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos).

O homem teria viajado de carro pelo interior do país. A Justiça havia expedido um mandado de prisão contra ele no dia 27 de novembro, mas ele não foi encontrado em casa e, desde então, era considerado foragido.

Notícias semelhantes