PET Solidário

PETCIS realiza campanha em prol de venezuelanos que estão em Mossoró

Dinheiro e produtos arrecadados são revertidos para indígenas do grupo Warao que estão na cidade desde o início do ano

A crise política e econômica que tem se acentuado na Venezuela nos últimos anos tem feito com que muitos dos habitantes do país fujam de sua terra natal em busca de sobrevivência. Muitos deles chegaram ao Brasil e alguns se encontram em Mossoró. Sem emprego e moradia, eles tem contado com a solidariedade dos mossoroenses.

O Programa de Educação Tutorial em Ciências Sociais (PETCIS) da Universidade do Estado do Rio Grande (UERN) é um dos grupos organizados que tem buscado contribuir com esse venezuelanos. Ele está desenvolvendo a campanha PET Solidário, através da qual estão sendo recolhidas doações em produtos e/ou dinheiro para ajudar aos warao, indígenas venezuelanos que estão em Mossoró desde o início deste ano.

Muitos dos waraos tem sido vistos em esquinas e semáforos da cidade pedindo ajuda. “É preciso dizer que essa coisa de pedir e buscar o alimento faz parte da própria cultura deles. E diante do contexto urbano em que estão, longe de seus territórios tradicionais, a única forma que eles encontram de sobrevivência é pedindo nas ruas”, destaca a professora Eliane Anselmo, tutora do PETCIS/UERN.

A ideia nesse contexto, acrescenta Eliane, é ajudá-los, minimizar a situação e tirá-los ao máximo possível das ruas, surgindo daí a iniciativa de realizar a campanha. “Eles tem uma alimentação muito específica, por isso nossa campanha está pedindo doações em dinheiro e em alimentos específicos, porque eles se alimentam muito de frango, peixe, macaxeira e vegetais, principalmente”, ressalta.

A docente destaca que as famílias estão sendo acompanhadas pelo Centro Regional de Assistência Social (Creas) e pelo Comitê Estadual Intersetorial de Atenção aos Refugiados, Apátridas e Imigrantes.

Quem quiser doar em dinheiro pode fazer a doação na conta 63650302-0, agência 00001, do Nubank, em nome de Maria Laís Azevedo da Silva

Também estão sendo pedidos os seguintes produtos: leite Nan Confort 1, fraldas descartáveis para bebê (preferencialmente P e M), medicamentos (dipirona, paracetamol e xarope pra tosse), redes, alimentos, macaxeira, frango e peixe).

Os produtos podem ser entregues na sede da Associação dos Docentes da UERN – Aduern (Avenida Antônio Campos, 24, Costa e Silva) às segundas e quintas, das 7h às 11h, e no Creas (Rua Príncipe da Beira, Abolição (próximo à Escola Estadual Hermógenes Nogueira) pela manhã. Maiores informações pelo pelo telefone: (84) 9-9915-6102) ou no instagram: @petcis.

Apoiam a campanha o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB), o Grupo de Estudos Culturais (GRUESC), a Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais (FAFIC), o PET Pedagogia e o PET Serviço Social, todos da UERN, além da Aduern.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...