Emergência

MP quer que prefeitura de Mossoró aumente número de leitos de UTI

Órgão recomenda que gestão adote todas as providências para recuperar leitos de retaguarda da estrutura já existente na Secretaria Municipal de Saúde

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou que a Prefeitura de Mossoró adote todas as providências administrativas que se fizerem necessárias para recuperar leitos de retaguarda e leitos de UTI da estrutura já existente na Secretaria Municipal de Saúde em caráter emergencial. A recomendação, publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (3), é direcionada à prefeita da cidade e à secretária Municipal de Saúde.

Na recomendação, expedida pela 1ª Promotoria de Justiça de Mossoró, que atua na defesa da saúde pública, o MPRN recomendou ainda que o Município expanda a rede de leitos de retaguarda e leitos de UTI para o enfrentamento a Covid-19, em caráter emergencial e temporário, realizando as aquisições e contratações necessárias, inclusive em estruturas de terceiros, se necessário.

Os destinatários das recomendações devem informar, no prazo cinco dias, o recebimento do documento e as providências adotadas.

Clique aqui e veja a recomendação

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...