Metamorfose: a pedra que se transformou em vidraça

Era uma vez, a pedra que resolveu bater de frente com a vidraça. A pedra se lançava contra a vidraça até conseguir estilhaça-la e a vidraça reagia, fitava os olhos na pedra querendo saber o motivo de tudo aquilo. De braço erguido e punho cerrado e aos gritos a pedra respondia: vamos à luta companheiro pelo direito de opinar e questionar em defesa da democracia e liberdade de expressão! O tempo foi passando e eis que acontece a metamorfose quando a pedra se transformou em vidraça. Interessante, pois a pedra exigia democracia e é assim que funciona.

O problema é o seguinte, a pedra, hoje vidraça, não tem gostado muito e não quer aceitar ser atingida pela pedra, antes vidraça, que agora quer exercer seu direito de opinar, questionar, concordar ou discordar. A então pedra que agora é vidraça, quando atingida reage dizendo que isso é agressão, falta de educação, de respeito e não é justo usar todos os espaços para exigir seu direito democrático de liberdade de expressão. Na base do, “faça o que eu digo mas não faça o que eu faço”. Moral da história, é muito fácil ser pedra e muito difícil respeitar o contraditório quando se torna vidraça.

Em tempo: Qualquer semelhança com fatos reais da vida, por exemplo, pública, não será mera coincidência.

POTIGUAR ANUNCIA TREINADOR PARA 2020

O gaúcho natural da capital Porto Alegre no Rio Grande do Sul, Luciano Quadros, será o treinador do Potiguar na temporada 2020 quando o alvirrubro mossoroense estará disputando o Campeonato Estadual e o Campeonato Brasileiro da Série D. Decisão importante, antecipar essa contratação, já que a proposta da diretoria do Time Macho é montar um elenco capaz de realizar uma campanha notável no certame nacional, além é claro de brigar por título no cenário local.

Estamos no mês de novembro e de certa forma esse é um bom sinal, ou seja, anunciar o treinador antes mesmo de dezembro. Lembrando que o estadual terá seu início antecipado para janeiro do próximo ano. Pelas informações é pensamento da direção montar o elenco do brasileirão, ou sua base, já a partir do estadual, o que é positivo. Fica difícil planejar uma boa campanha deixando para montar o elenco já com o competição em andamento. O último time treinado por Luciano Quadros foi o Bonsucesso do Rio de Janeiro. Seja bem-vindo e sucesso em sua missão no Potiguar.

CÂMARA MUNICIPAL, UMA AMIGA DO PEITO

Literalmente a Câmara Municipal de Mossoró foi uma verdadeira amiga do peito ao realizar durante três dias em sua sede um mutirão de exames de mamografia, mais uma vez se fazendo presente na programação do Outubro Rosa. Período em que se intensifica o combate e orientações em relação ao câncer de mama. O legislativo mossoroense, em parceria com a Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer e o Grupo Reviver de Natal proporcionou mais de 200 mamografias para mulheres mossoroenses e outros municípios.

Esse gesto da Câmara Municipal de Mossoró se junta a outros eventos, como a Câmara Cidadã que leva inúmeros serviços à população, mostra atitudes positivas do legislador municipal que precisa ser aplaudida. Aqui discordamos da linha do noticiário que só vai atrás da informação se esta render conflitos contra aqueles que somos opositores. Escolher um lado não é problema, a questão ética reside na atitude de não querer reconhecer e noticiar o que vem dando certo. Um fato possui versões diferentes e precisam ser mostradas ao público. Em respeito ao leitor, assim o faço.

O GOVERNO QUE NÃO SE AJUDA

Recentemente em uma agência bancária na cidade de Mossoró-RN, encontro um amigo de velhas datas que a muito não conversávamos. E, para compensar os tempos idos, tivemos um diálogo demorado com foco no atual momento da vida pública no Brasil, citando especificamente os comentários em torno das ações do Supremo Tribunal Federal e, com mais ênfase, o governo do presidente Jair Bolsonaro. E aqui compartilho o que disse ao meu interlocutor que defendeu o governo e afirmou que o STF estava atrapalhando. Falou até em intervenção militar.

A ele eu disse que o grande problema do governo federal era ele mesmo. O próprio presidente não se ajuda. Resolveu governar pelas redes sociais, sozinho, isso sozinho, pois nem mesmo seu partido ele faz questão de ter por perto, muito menos uma base com maioria no Congresso Nacional. E, quando vai as redes sociais, geralmente, diz algo que termina batendo e voltando contra ele mesmo. Pra começar, eu disse a ele, o melhor seria usar da inteligência de falar menos, observar mais e trabalhar muito. Disse ao meu interlocutor que não empunho bandeira de direita, centro ou esquerda, mas como observador da cena, repito que o próprio governo não se ajuda e assim vai ficar difícil ele tocar o barco em paz. E não duvido da possibilidade de afundar antes de chegar em um porto seguro.

MUNICÍPIOS VERSOS GOVERNO DO RN

E segue sem solução aparente o conflito entre os municípios e o governo da professora Fátima Bezerra depois que lançou a renúncia fiscal dentro do Programa de Estímulo ao Desenvolvimento da Indústria no Rio Grande do Norte (PROEDI). Os prefeitos alegam que estão perdendo dinheiro de uma de suas principais fontes de renda que é o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FERMURN) se reuniu com seus filiados, lançou uma nota dizendo que não é contra o PROEDI, mas os gestores municipais cobram uma compensação para suprir as perdas.

O governo do Estado já acenou com a possibilidade de compensar os municípios, porém ainda não existiu acordo em relação aos valores a serem repassados. Na questão política do caso os observadores da cena afirmam que essa atitude da governadora Fátima tem como objetivo enfraquecer seus opositores, principalmente no pleito do próximo ano. E eu, aqui na minha inocência e crença no próximo, teimo em não querer acreditar que descemos a tão baixo nível. O melhor é continuar conversando, quem sabe existam em outros estados que adotaram essa política de incentivo fiscal alguma saída que atenda aos interesses do governo estadual e dos municípios. O RN precisa ser competitivo e o incentivo fiscal é uma boa saída, porém sem gerar mais prejuízos. A proposta é conversar e pactuar.

CREDENCIAMENTO DE PEDIATRIA ONCOLÓGICA

Só conhece a intensidade da dor quem calça o sapado e sente onde ele aperta. Assim podemos resumir as aflições na vida de uma mãe e um pai que tem criança em casa portadora de neoplasia maligna (câncer). O sofrimento de quem reside em cidades do interior e são obrigadas a se deslocar, dezenas e centenas de quilômetros para chegar a uma capital com estrutura adequada na realização do tratamento. Isso posto, reputamos como sendo uma boa notícia a possibilidade real de Mossoró receber o credenciamento de Pediatria Oncológica.

A proposta foi encaminhada por uma comissão mossoroense que foi a Brasília e se reuniu com um assessor do ministro Luiz Henrique Mandetta da Saúde. A Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer encaminhou o credenciamento do serviço de Pediatria Oncológica, referente ao tratamento contra o câncer em crianças, no Sistema Único de Saúde (SUS). Essa habilitação permitirá que Mossoró atenda crianças de 62 municípios, evitando assim o deslocamento para Natal. Por exemplo, se a criança reside em Pau dos Ferros, hoje percorre 500 Km (quilômetros) até a capital potiguar. A proposta encurta a distância e humaniza o tratamento.

MENSAGEM

O saber a gente aprende com os mestres e os livros. A sabedoria se aprende é com a vida e com os humildes.

                                                                                         Cora Coralina

MANCHA DE ÓLEO EM TIBAU, FICOU NO SUSTO

Dado a frequência com que visitamos a orla marítima na cidade do Tibau, me parece que a história das manchas de óleo por estas bandas ficou apenas no susto. Nem mesmo na citada praia de Gato Bravo se observou qualquer problema além da foto postada em alguns meios de comunicação. As praias, digamos assim, do perímetro urbano, não registraram nenhuma alteração, estando tudo limpo até o fechamento desta coluna na manhã do sábado, dia 02 de novembro.

Claro, isso não significa dizer que os órgãos responsáveis pelo monitoramento e a própria população deixem de tomar suas precauções de vigilância, vamos continuar todos atentos. Mas por enquanto, tudo limpo e como dizem, continua dando praia inclusive com sol forte e mais quente nos últimos dias. Praias das Manuelas, Tibau e Ceará, tudo limpo. Quem quiser, pode chegar e aproveitar.

AS ELEIÇÕES E OS SALÁRIOS DOS SERVIDORES

A sucessão municipal já começou, faz tempo inclusive, na cidade de Mossoró. Aliás quando o assunto é briga pelo poder aqui não tem nenhum inocente, todos os palanques permanecem armados tenha ou não eleição. A questão agora são as bandeiras que estão dando o tom do discurso. Governo e oposição tratam do mesmo tema em instancias distintas, sendo ele o salário dos servidores públicos. No cenário local a oposição a prefeita Rosalba Ciarlini fala em fatiamento dos salários dos servidores da prefeitura e em âmbito estadual a oposição cobra da governadora Fátima Bezerra os salários em atraso, incluindo 13º (décimo terceiro) de anos anteriores.

Observando o texto acima encontramos mais uma vez a vertente chamada POVO, sendo usada de alguma forma. O foco maior são os salários em atraso, porém outros itens automaticamente vão sendo incluídos na medida em que avança o processo e o pleito se aproxima. Como exemplo podemos citar a segurança pública, tema sempre presente nos debates. A questão da saúde, essa será eterna. Seria bom que essa preocupação fosse de antes, durante e, principalmente após a eleição. Infelizmente não é assim, quem cobra e chega ao poder, parece que sofre de amnésia.

ESTÁDIO EM RUÍNAS E TREINADOR VENDENDO PATRIMÔNIO

Um retrato real do futebol fora das lentes da TV, com estádio em ruínas e treinador vendendo seu patrimônio para manter o time feminino em atividade. Fatos reais entre os estados do Rio Grande do Norte e Alagoas. No RN a situação permanece a mesma dos últimos anos com a interdição parcial do estádio Nogueirão e nenhum aceno de que a situação possa ser resolvida em anos vindouros. Uma pena, pois o Potiguar disputará em 2020, além do estadual, o Campeonato Brasileiro da Série D.

Já em Alagoas as dificuldades atingem o futebol feminino, por isso citei as lentes da TV lá no início do texto. Esse ainda não caiu nas graças da mídia, como aconteceu com a modalidade masculina. Em Alagoas o técnico Leno Santos vendeu sua própria casa e depois o carro para manter vivo o time do Liverpool de Maceió. As jogadoras, quando conseguem dinheiro para pagar a passagem do ônibus, mantém a rotina de treinos. Quando falta dinheiro, aquelas que insistem em treinar, entram pela porta de trás do ônibus. Essa é a realidade dos sobreviventes, não se sabe até quando, do futebol brasileiro.

CRIME DE FALSO TESTEMUNHO

Fechando nossa conversa vamos ao último tópico que trata das nossas leis. O destaque é o crime de falso testemunho e o Código Penal trata do tema no artigo 342. Então, fique sabendo que fazer afirmação falta, ou negar ou calar a verdade como testemunha, perito, contador, tradutor ou intérprete em processo judicial, ou administrativo, inquérito policial, ou em juízo arbitral é crime. E a pena vai de dois a quatro anos além de multa.

Além do seu caput, o artigo ainda possui dois parágrafos. Eles tratam do aumento da pena ou até mesmo da sua não punibilidade. No primeiro caso, as penas aumentam-se de um sexto a um terço, se o crime é praticado mediante suborno ou se cometido com o fim de obter prova destinada a produzir efeito em processo penal, ou em processo civil em que for parte entidade da administração pública ou indireta. No caso seguinte, o fato deixa de ser punível se, antes da sentença no processo em que ocorreu o ilícito, o agente se retrata ou declara a verdade.

Notícias semelhantes