Covid-19

Mais de 30% dos pacientes atendidos em Mossoró são de outras cidades

Município cobra mais apoio do Governo do Estado para ajudar no combate ao coronavírus

Mossoró e municípios do Oeste e de outras regiões aguardam a abertura imediata dos 170 novos leitos para ajudar no combate à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, conforme anúncio do Governo do Estado.

A previsão era que fossem abertos, inicialmente, o mais rápido possível, 25 leitos clínicos no Hospital da Polícia Militar, 18 leitos de UCI no Hospital Rafael Fernandes, 100 leitos no Hospital São Luiz e mais 27 leitos no Hospital Regional Tarcísio Maia (20 de UTI e 7 de UPI).

Até o momento, só 17 leitos (10 de UTI e 7 UPI) foram abertos no HRTM e 50 leitos no São Luiz (20 UTI e 30 clínicos) e nenhum outro nos demais hospitais. Mesmo em meio a gravidade da pandemia, Mossoró ainda não conta com todos os novos leitos.

A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou que a cidade seria beneficiada com 170 leitos hospitalares no dia 30 de março em reunião por videoconferência com a prefeita Rosalba Ciarlini. Antes mesmo da reunião, Rosalba já cobrava a implantação de novos leitos para Mossoró por ser uma cidade polo que atende milhares de pessoas das regiões Oeste, Costa Branca e Vale do Assu.

Como Mossoró é referência de atendimento na região, necessita de novos leitos para garantir assistência aos pacientes das cidades circunvizinhas. Em números acumulados, do dia 18 de março a 7 de maio, foram registradas 206 hospitalizações em Mossoró, sendo que 66 pessoas (32%) eram de outros municípios.

Em nota, a Prefeitura disse que a cidade precisa de mais apoio do governo estadual. “Com a interiorização do coronavírus e estando na divisa com o Ceará, um dos estados de maior incidência e morte pela doença, Mossoró é um dos municípios mais prejudicados nesse momento crítico que o estado e o país estão enfrentando”, diz.

Em números atualizados nesta terça-feira (12), a cidade tem 335 casos confirmados de Covid-19 e 22 óbitos. É a cidade com mais mortes em decorrência do vírus no Rio Grande do Norte (veja matéria aqui).

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support