Operação Intocáveis

Justiça manda soltar mais três dos oito policiais militares presos em Mossoró

Na audiência de instrução ocorrida nesta quinta-feira, 22, o Sargento Renixon e os soldados Alan e Nogueira receberam os respectivos alvarás de soltura.

A Justiça decidiu soltar mais três dos oito policiais militares, presos durante a operação “Intocáveis” desencadeada em junho de 2016 pelo Ministério Público do RN com apoio da Força Nacional e da Polícia Civil, que investigou o suposto envolvimento dos militares com grupo de extermínio em Mossoró RN.

O primeiro PM a ganhar liberdade por decisão da justiça foi o cabo Paulo Cézar da Silva (Cb P. Silva). Na audiência de instrução ocorrida nesta quinta-feira, 22, no Fórum Municipal Desembargador Silveira Martins em Mossoró, com comparticipação de três juízes e três promotores e com presenças do Sargento Renixon e dos soldados Alan e Nogueira, os policiais receberam os respectivos alvarás de soltura.

Segundo informações repassadas pelo comandante do 12º BPM, na qual são lotados os três policiais, após a audiência foram expedidos os alvarás de soltura em favor dos três PMs. Quanto aos demais PMs presos nesta mesma operação, a justiça ainda não se pronunciou sobre a liberdade deles, o que deverá acontecer em outra audiência de instrução.

Fim da Linha

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...