Dados

Junta Comercial registra aumento na abertura de novas empresas no RN

O número é superior ao registrado no mesmo período do ano passado

Dados da Junta Comercial do Rio Grande do Norte (Jucern) mostram que o terceiro trimestre de 2020 – meses de julho a setembro – registram 2.253 solicitações de abertura de novas empresas no estado. O número é superior ao registrado no mesmo período do ano passado: 2.213.

A estratificação revela que o setor de serviços representa 46% dos novos negócios, em seguida vem o comércio (39%) e a indústria (15%). Dos novos empreendimentos, 82% são micro e pequenas empresas, sendo 1.805 micros e 279 pequenas.

“Este desempenho mostra que a administração estadual está no caminho certo. Diante da forte crise e retração das atividades provocada pela pandemia da Covid-19, muitas pessoas perderam os empregos e empresas fecharam. Mas o Governo do RN não se intimidou. Tomamos as medidas sanitárias e protetivas necessárias para dar assistência à população, abrimos mais de 500 novos leitos hospitalares, monitoramos o comportamento da pandemia e decidimos pela retomada das atividades econômicas no momento certo e de forma escalonada, priorizando sempre salvar vidas”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

IBGE comprova números positivos

Os números positivos da economia do Rio Grande do Norte são corroborados pela Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta quinta-feira (8). Ao apurar os indicadores do volume de vendas do comércio varejista ampliado, o instituto registrou crescimento de 5,4% (com ajuste sazonal) e 3,1% sobre agosto de 2019.

Com relação a empresas que encerraram suas atividades, o quantitativo no terceiro trimestre de 2020 foi de 1.366, frente a 1.211 no mesmo período 2019. Nesta condição, 49% foram empreendimentos do setor comercial, 37% de serviços e 14% da indústria.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...