Jovens e um turbilhão de expectativas

Em tempo de pandemia, além dos profissionais da psicologia e psiquiatria, os líderes religiosos também estão exercendo uma missão importante na assistência as pessoas que estão com problemas emocionais. Ouvi um relato do Padre Sávio, de Natal-RN, sobre essa procura e sua preocupação com os mais jovens. O quadro realmente preocupa e é preciso que nossos jovens sejam fortes e não aceitem o sentimento de desistência logo no primeiro obstáculo. Serão muitos ao longo da vida e é preciso ter força, coragem, fé, insistir, persistir e nunca desistir.

Para tornar a missão menos difícil, nossos jovens precisam se armar de um verdadeiro arsenal, um turbilhão de expectativas. Faça planos, defina projetos de vida e corra atrás. Ocupe seu tempo e sua mente com atividades positivas e, tenha certeza, agindo assim não haverá espaço para sentimento de desistência. Como diz o poeta, “defenda a moral sem sangue e peça um pão para não roubar”. Enfim, meu querido jovem, felicidade é ter paz e liberdade. Sem falsidade, preconceito ou maldada, é viver em sociedade e ter paz dentro do lar. Pense positivo.


O “FULANO LULA” SUMIU DO CENÁRIO

Mais uma vez eu lembro que não tenho político de estimação. Sempre que concordo ou discordo de algum posicionamento o faço na linha do respeito. Porém existem algumas bobagens que são criadas e depois fogem dela como o diabo foge da cruz, ou seja, o melhor é não pisar na bola. Por exemplo, aquela onda de retirar o nome de batismo e acrescentar “Lula”, lembram dessa, foi recente. Era “Fulano Lula” ou “Beltrano Lula”, tudo na tentativa de personificar a política, quando na verdade a política não precisa de uma cara dona, e sim vários atores com atitudes dignas que possam gerar o bem coletivo.

Pois bem, eu pergunto, onde estão os fulanos e os beltranos Lula que sumiram do cenário nas eleições municipais? Os atores que mudaram de nome seguem no cenário, porém não adotam mais essa postura. Então pergunto, qual seria o motivo da debandada e do silêncio em relação a mudança de nome? Será que a “marca” não é aquela Coca-Cola gelada que se imaginava? Perdeu o encanto? Bem, como perguntar não paga imposto de renda, vou encerrar aqui com esses questionamentos. Só mais uma coisa – Minha gente, a cidade, o estado e o país estão precisando de propostas sérias e realizáveis, e não de político de estimação.

ROTA 172, O CAMINHO CERTO DA NOTÍCIA

Hoje gostaria de destacar o bom nível dos meios de comunicação em Mossoró-RN, com destaque para o jornalismo. Excelentes profissionais estão na lida diária para levar a informação aos mossoroenses e região. Agora, entre os bons jornalistas, radialistas e blogueiros, quero citar aqui um nome em especial, Renato Severiano. Carinhosamente chamado de “tio” e, para os mais íntimos que conhecem sua trajetória, pode até ser chamado de Paulo César, ou até o filho de Seu Julião. Eu não esqueci do Paulo César.

Faço esse registro para manifestar a alegria de continuar acompanhando Renato na ativa. Graças a Deus corrigiram uma tremenda bola fora que deram ao deixar esse excelente profissional temporariamente fora do ar, digamos assim. Mas, para matar saudade e ter informação séria, é só ligar na TV Cidade Oeste, segunda a sexta-feira, a partir das 12:00 no programa Rota 172, o caminho certo da notícia. Você pode acompanhar pela Brisanet no canal 172 ou no www.tvcidadeoeste.com.br. Não vou desejar sucesso, pois você é o próprio. Forte abraço amigo.

MPE LEMBRA AO RN A EXISTÊNCIA DA EC 107

Os dias vão passando e a guerra dos decretos somadas as recomendações vão se avolumando, assim como as aglomerações nos eventos ligados as eleições 2020. A guerra dos decretos acontece entre prefeituras e governo do Estado e agora se somam as recomendações do Ministério Público Eleitoral do Rio Grande do Norte (MPE-RN). O governo estadual que no início do ano andou tocando o terror dizendo que 1 milhão de potiguares seriam infectados pela Covid-19 e 15 mil iriam morrer, agora quer tirar o seu da reta.

Jogou para as prefeituras a responsabilidade de permitir ou não a realização de comícios, carreatas e, a pior de todas, as motorreatas. Só que, na última semana, o MPE-RN entrou na conversa e solicitou à Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) que retire do laudo técnico emitido pelo órgão o trecho que delega aos municípios a decisão de autorizar ou não os atos de campanha. Essa é uma medida acertada, pois coloca cada um com a sua responsabilidade, sem direito a tirar o braço da seringa. No mais, evitará que prefeitos candidatos atrapalhem as ações de seus opositores, como vem sendo denunciado. A decisão do MPE se baseia na Emenda Constitucional 107 que trata da atividade eleitoral.

VELHAS PRÁTICAS DO FUTEBOL POTIGUAR

O futebol do Rio Grande do Norte vai afundando, não tem um time sequer na segunda divisão nacional, porém as velhas práticas de ferrar com os clubes do interior segue sem trégua. Foi o que fizeram com o Potiguar ao impedir que seus jogos, sem a presença do público, fossem disputados no estádio Nogueirão em Mossoró. Já não tem o apoio da torcida por conta da pandemia do novo coronavírus, e o prejuízo só aumenta com a obrigação do deslocamento, jogar em outra cidade mesmo tendo o mando de campo.

E mais, beneficiando o adversário que, coincidentemente é o ABC de Natal. O Potiguar disputou dois jogos sem público no Nogueirão e não teve nenhum problema. Agora, justamente na partida contra o ABC o estádio é interditado e, pior ainda, transferido o jogo para Ceará-Mirim, estádio Barretão, no colo do alvinegro. Concordo com a mensagem enviada pelo professor Alcindo Júnior a uma emissora de TV em Natal, que não foi lida, dizendo: “Essa interdição do Nogueirão é porque o jogo é contra o ABC e favorece ao ABC. Agora em setembro aconteceram dois jogos e não foi interditado, pois o jogo é sem público. Futebol de Mossoró discriminado e o futebol da capital favorecido. Qual outro estádio que tem elevador, fora o Arena? Isso é vergonhoso!!! Palhaçada!”. Estão exigindo um elevador no Nogueirão.

CONCURSO EM MACAÍBA-RN

É sempre bom levar até você informações que possam gerar oportunidade de emprego. É o caso do anúncio feito pela Prefeitura de Macaíba, região da grande Natal, sobre a realização de concurso público. A informação é de que serão disponibilizadas 631 vagas e os salários variam entre R$ 1.400,00 a R$ 11.630,85. As inscrições que acontecerão exclusivamente pela internet, serão realizadas no site da consulplan.net e as provas estão previstas para acontecer nos dias 31 de janeiro e 07 de fevereiro em 2021.

As vagas, no total de 631, serão distribuídas da seguinte forma: 236 para candidatos do nível médio e o restante, 395 para os interessados do nível superior. Na reta do final de um ano conturbado pela pandemia, essa sim é uma excelente notícia. Mesmo para aqueles que ainda não colocaram o estudo para concurso em sua rotina. Ainda tem tempo. Olhe o edital e, foco nos livros. Só para descontrair, eu recomendo, mentalize o salário que ajuda na motivação.

MENSAGEM

“Quando as pessoas querem o impossível, somente os mentirosos podem satisfazê-las”.

Thomas Sowell.

UROLOGISTA TAMBÉM ATENDE O SEXO FEMININO

Essa eu também não sabia, mas, graças as dicas do Dr. Thiago Bruno tomei conhecimento. Aproveito e compartilho a informação com os amigos e as amigas que acompanham o portal do rn e, mais especificamente, a coluna Repercutindo. Eu ainda estava naquele pensamento de que urologista era médico para cuidar da saúde do homem e a mulher seria assistida exclusivamente pelos profissionais da ginecologia/obstétrica. Ideia totalmente equivocada. Aliás, segundo relato do Dr. Thiago, até mesmo as mulheres ficam surpresas com essa informação de que o urologista também cuida da saúde delas.

Isso posto, assim podemos definir:  O urologista é o médico que previne e trata as doenças do sistema urinário das mulheres e dos homens, e do aparelho genital masculino. Você certamente pergunta como eu sei de tudo isso. Então, é aqui que deixo a minha dica para quem quer saber mais sobre esse e outros assuntos ligados ao mesmo tema, saúde do homem e da mulher. Anote e entre no site www.drthiagobruno.com.br, você vai acompanhar os artigos do Dr. Thiago Bruno, profissional dos bons e pessoa de melhor qualidade.

MUDANÇA NO CALENDÁRIO DE INSCRIÇÃO DO FIES

Um dos destaques da última semana aqui no portal do rn, fala em alterações no calendário de inscrição no Fies. De acordo com o Ministério da Educação (MEC) será prorrogado o prazo para inscrições em vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2020. No comunicado na página do Fies na internet, a alta procura pelas inscrições ocasionaram sobrecarga e instabilidade no sistema. O processo está suspenso e um novo cronograma será divulgado em edital específico. As inscrições começaram no dia 6 e, segundo o comunicado, quem já se inscreveu não será prejudicado. A ampliação do prazo será proporcional ao tempo em que a plataforma ficou indisponível.

Os três primeiros dias de inscrições (6 a 8/10), estavam reservados para a oferta exclusiva de vagas para os cursos prioritários, como os da área de saúde, engenharias, licenciaturas e ciência da computação. Os candidatos não matriculados em uma instituição de ensino superior poderiam se inscrever até 13 de outubro. E aqueles já matriculados teriam prazo até o dia 13 de novembro para realizar suas inscrições. As vagas remanescentes são aquelas que não foram ocupadas no decorrer do processo seletivo regular, por desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de documentação na contratação do financiamento.

TUDO IGUAL, FALTA CRIATIVIDADE

O discurso do novo normal não foi adotado pelos candidatos na campanha eleitoral em curso. A observação aqui diz respeito aos programas de rádio, por exemplo, que seguem na mesma linha daquilo que era apresentado antes da pandemia do novo coronavírus. A falta de criatividade é gritante e seguimos sem mudança do velho costume de promessas que focam sempre dias melhores para educação e saúde. Pelo visto, já que não resolveram, fica apenas na promessa.

Para completar o roteiro, a turma não esquece da velha tática política de agressão. Ao invés de se preocupar com a sua proposta, ocupa o tempo tentando denegrir a imagem do concorrente, e tudo em clima de inimizade. Sem criatividade ou argumento para o debate sério, a turma permanece na troca de farpas, quando um agride e o outro responde de forma mais agressiva. Tudo igual, pois lhes faltam criatividade. Para não ser injusto, existem algumas raras exceções ao que deveria ser regra.

AÇÕES NO PROCESSO ELEITORAL

O cidadão que acompanha o noticiário político tem se deparado com uma série de informações sobre a situação envolvendo candidatos as próximas eleições, sejam eles postulantes aos mandatos de vereador ou prefeito. Acontece que existe um procedimento, por sinal bastante célere, que acompanha os envolvidos, candidatos e partidos, a partir do momento da pré-candidatura, passando pelo processo de escolha nas convenções, registros, campanhas, eleição, diplomação e posse.

No caminho, entre outras, tem a AIRC – Ação de Impugnação de Registro de Candidatura para impedir o registro daqueles que não preencheram as condições de elegibilidade ou tem causa de inelegibilidade. Tem ainda a AIJE – Ação de Investigação Judicial Eleitoral, e essa tem que acontecer até a diplomação dos eleitos. Outra dica é o RCED – Recurso Contra a Expedição do Diploma. Apesar do nome, também é uma ação. Mais na frente ainda tem a AIME – Ação de Impugnação de Mandato. Essa pode ser impetrada até 15 dias após a diplomação para cassar o mandato eletivo mediante ilícitos previstos na Constituição Federal (Art. 14, § 10). Se ligue no legal e, boa campanha.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...