ESTADO MÍNIMO NA PRÁTICA

O governador Robinson Faria, político de direita, conservador, neoliberal está se mostrando, na prática, como age um governante para deixar um estado cada vez mais mínimo. Em Mossoró, suas ações tem sido sempre no sentido de reduzir a estrutura estatal – claudicante – a nada. Robinson fechou o Hospital da Mulher Maria Correia, o Hospital Regional da Polícia Militar, a pediatria do Hospital Regional Tarcísio Maia e estuda fechar a Casa de Saúde e Maternidade Almeida Castro. Também fechou o Posto Rodoviário Policial José Goiana da Silva, que fica localizado próximo à comunidade do Estreito, no caminho para a cidade de Governador Dix-sept Rosado. Reduzir a estrutura em duas áreas deficitárias (segurança e saúde) tem sido a grande obra de Robinson Faria para os mossoroenses.

CABIDE
A prefeita Rosalba Ciarlini comemora a criação de mais uma secretaria. Agora a de Cultura, cujo secretário será o bailarino, poeta, cordelista, escritor, cantor, compositor, figurinista, artista plástico, trompetista Eduardo Falcão. Nada disso, o novo secretário é arquiteto. A Secretaria tem Cultura tem uma galinha de ovos de ouro: Mossoró Cidade Junina. O mistério é saber com quem fica com tesouro.

SEM CABIMENTO
Por outro lado, a prefeita segue tratando a pão e água a educação da cidade. Muitas escolas sem professores. Outras sem água. Algumas sem transporte. Sem der tempo, pelo menos nesse setor, a gestão de Rosalba vai ficar pior de que a de Silveira. Lamentavelmente.

TERCEIRIZADOS
É de penúria a situação dos terceirizados da prefeitura de Mossoró. A gestão paga uma fatura a uma das empresas e faz a maior propaganda, como se estivesse pagando muito a todas as empresas. Na prática, tem muita família passando fome. Situação humilhante criada pelo ex-prefeito Silveira Júnior que a atual prefeita Rosalba Ciarlini teimosamente insiste em dar continuidade. Mesmo sabendo que a grande maioria desses pais de família têm apenas essa fonte de renda.

VANTAGEM E DESVANTAGEM
Uma das coisas boas da democracia é que todo mundo pode ser candidato, inclusive Bolsonaro. Uma das coisas ruins da democracia é que todos os candidatos receberão votos. Até mesmo Bolsonaro.

TENSÃO EM BODÓ
Por pouco não terminou em incidentes de grandes proporções o protesto feito por trabalhadores de uma mina em Bodó. Os trabalhadores protestaram porque o prefeito não liberou o alvará de funcionamento da mina, o que impediu que eles pudessem iniciar suas atividades laborais.

SOFRIMENTO
Não é novidade as filas quilométricas que enfrentamos nos bancos. Agora, assusta que nem caixas eletrônicos dos bancos 24 horas – que cobram tarifas altíssimas – sejam encontrados no centro de Mossoró.

SEM AGÊNCIA
Falar nesse assunto é dizer que em Caraúbas, a única alternativa para quem precisa movimentar com dinheiro é a casa lotérica. O Banco do Brasil foi metralhado, o Bradesco foi arrombado, a exemplo do que aconteceu com a agência dos correios na última segunda-feira. A bandidagem mandando e desmandando e Robinson faria aceitando.

PROVINHA FORA
Como tem decididamente realizado coisas ruins em todos os setores da vida do brasileiro, o golpista Michel Temer determinou que o INEP não realize a Provinha Brasil. Por enquanto, a determinação se refere a apenas esse ano. A desconfiança, no entanto, é que seja por definitivo.

 

Notícias semelhantes