Rede privada

Escolas registram Covid na primeira semana de aulas presenciais

Vigilância Epidemiológica diz que estabelecimento de ensino poderá ser fechado

A continuidade das aulas presenciais nas escolas da rede privada – retomadas essa semana – está ameaçada em Mossoró.  É que nesses primeiros dias de atividades nas escolas, em pelo menos duas delas há registros de novos casos de Covid entre os alunos.

Segundo apurou o Portal do RN, são pelo menos 2 casos confirmados e dois suspeitos em unidades da rede particular de ensino.

A escola com um caso confirmado numa turma do Sexto Ano e um suspeito no Ensino Médio, informou aos pais sobre os registros.

“Prezados, antes de tudo, esperamos que todos estejam bem e com saúde. Sabemos que ainda temos que conviver com a realidade da pandemia ainda por algum tempo e, com o intuito de seguir os protocolos recomendados pela prefeitura, estamos comunicando à comunidade escolar que foi identificado um caso de positivo para o covid-19 em um aluno do Ensino Fundamental. O discente apresenta sintomas leves”, escreveu a direção da escola em comunicado aos pais.

A escola suspendeu as atividades presenciais da turma e agendou reunião virtual com os pais para a próxima segunda-feira, 8/2. A segunda escola com um caso suspeito também informou aos genitores.

Em ambos os casos, a direção solicitou às pessoas que tiveram contato com aqueles que estão com suspeita de contaminação que adotem procedimentos sanitários, tais como isolamento social e se submetam, se possível, a exames de detecção da Covid.

O Portal do RN contactou o Conselho Municipal de Educação (CME) sobre o assunto. A presidente do colegiado, professora Rilzonete Batista, informou que, conforme entendimento firmado com o Ministério Público (MP) a responsabilidade sobre o acompanhamento de registros dessa natureza nos Ensinos Fundamental é Médio é do Conselho Estadual de Educação. Não conseguimos contato com o colegiado estadual.

O Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) revelou que uma das escolas havia informado sobre o registro de um caso confirmado e de um outro suspeito. “Esse segundo caso ainda está aguardando resultados de exames laboratoriais”, acrescentou Ivaneuma Fernandes, diretora do citado departamento.

Ela ressaltou que o departamento tem conhecimento de apenas uma escola com esses registros e que a direção do estabelecimento agiu de forma correta ao informar ao órgão sobre a situação.

Ainda de acordo com Ivaneuma Fernandes, a o Departamento de Vigilância Sanitária irá inspecionar a escola in loco para analisar se foram cumpridos todos os protocolos de segurança.  “Como estamos numa pandemia, se o segundo caso for confirmado, teremos um surto e é possível que a escola seja fechada”, finalizou.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...