Em Mossoró

Defesa de crianças e adolescentes é tema de debate

Evento faz parte da programação da Secretaria de Desenvolvimento Social para o dia 18

Fazendo parte da programação em alusão ao Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, aconteceu na manhã de hoje, 10, um debate, cuja discussão foi a defesa dos menores em Mossoró. Sob o tema: “O Desafio de Proteger a Criança e o (a) adolescente em tempo de pandemia”, o evento faz parte do Seminário Rede de Cuidado e foi realizado de forma remota.

O Seminário é uma realização do Comitê de Gestão Colegiado da Rede de Cuidados e de Proteção Social de Crianças e Adolescentes Vítimas ou Testemunhas de Violência. Todas as ações estão acontecendo por meio da Prefeitura de Mossoró em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Mossoró (COMDICA) e o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN).

O debate, ocorrido hoje, é a primeira capacitação gestada no âmbito do Comitê Local da Rede de Cuidados de Mossoró e se destina a qualificar o trabalho dos atores da rede local de proteção aos direitos infantojuvenis. Todo o trabalho tem como objetivo preparar as equipes para atuarem em ações de prevenção, identificação de violências, acolhimento e encaminhamento de crianças e adolescentes para o setor de proteção.

O evento contou com a participação do prefeito Allyson Bezerra que ressaltou a importância da integração das secretarias na garantia dos direitos das crianças e adolescentes. “Uma pauta muito importante que é o direito da criança e do adolescente, principalmente porque vivemos um momento difícil para toda humanidade e não tem sido diferente nos relacionamentos familiares. O que nós estamos escutando a cada dia com o confinamento das pessoas, os conflitos que já existiam acabam sendo mais recorrentes no nosso dia a dia, principalmente conflitos familiares. Muitas vezes temos as crianças e os adolescentes presenciando tudo isso e criando traumas. Esse tripé: saúde, educação e assistência, é fundamental para que a gente consiga reverter parte dos traumas que muitas vezes nossas crianças e nossos adolescentes acabam levando por toda uma vida”, destacou o prefeito.

O Comitê de Gestão Colegiado da Rede de Cuidados e de Proteção Social de Crianças e Adolescentes Vítimas ou Testemunhas de Violência tem a finalidade de articular, mobilizar, planejar, acompanhar e avaliar as ações da rede intersetorial. Além de colaborar para definição dos núcleos de atendimento e o aprimoramento da integração do próprio comitê.

Participaram do evento as secretárias municipais de Educação, Hubeônia Alencar; de Desenvolvimento Social e Juventude, Janaína Holanda; e da Saúde, Morgana Dantas. Ainda integraram a mesa de debate a vereadora Carmem Júlia Montenegro, representando a Câmara Municipal de Mossoró (CMM), a presidente do Comdica Carla Filomena, juíza Anne Isabel e o promotor de Justiça da 4ª Promotoria de Justiça da Comarca de Mossoró, Sasha Alves. Durante toda essa semana, outras ações vão acontecer dentro da programação municipal montada para lembrar o dia 18 de maio.

O Dia nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi criado a partir de um crime hediondo contra a menina Araceli Cabrera Sánchez Crespo, de oito anos de idade, assassinada em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória, Espírito Santo. A data é lembrada em vários cantos do país com ações de combate a este tipo de crime. Aqui em Mossoró uma extensa programação já está acontecendo e a abertura das ações aconteceu na sexta-feira, 7, na sede do Conselho Regional Assistência Social (CREAS).

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...