Cruzada contra o conhecimento

O Governo Bolsonaro é, pública e decididamente, contra o conhecimento. Alçado ao poder por disseminar mentiras e espalhar ódio, o presidente escolheu a educação como sua principal inimiga. Não só por sua limitada capacidade intelectual, mas por achar que todos aqueles que lhe fazem oposição tem tal pensamento apenas por serem de esquerda. E pasmem. E acha que eles são de esquerda pelo fato de supostamente terem sido doutrinados. Quanta falta de conhecimento. Quanta barbárie. Nessa sua cruzada, Bolsonaro nomeou um ministro da Educação (Velez Rodrigues) totalmente despreparado para o cargo. O despreparo era tanto que acabou caindo.Nomeou um novo ministrro, Weintraub, toltalmente averso à educação, mas altamente ligado aos maus propósitos do presidente. Desde seu início, além dessas patuscadas, o governo anunciou fim de programas, de processos avaliativos, tudo com o propósito de sucatear o setor. A mais recente maldade é o anunciado corte de 30% nas verbas de manutenção das universidades e institutos federais de educação. O Partido Rede Sustentabilidade já impetrou ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a medida. É preciso que todos os demais partidos também adotem medidas semelhantes. E que todos se manifestem por todos os meios contra esse absurdo. Pelo bem da educação. Pelo bem do país.

Transparência?
A prefeitura de Mossoró mudou a estrutura da página de acesso ao Jornal Oficial do Município. Pequenas alterações, mas o suficiente para dificultar a pesquisa e a leitura do veículo.

Sumiço
Aliás tem sido comum, após órgãos de comunicação divulgar matérias em desfavor da administração com base em informações presentes no JOM, tais edições desaparecerem da internet.

Produtividade
A prefeitura de Mossoró publicou no Jornal Oficial do Município (JOM) do último dia 29 de abril, critérios para fins de aferição e atribuição da gratificação de produtividade fiscal. A produtividade é a menina dos olhos dos fiscais de tributos de Mossoró. Pòr ela, esses profissionais têm seus vencimentos aumentados de forma gigante.

Produtividade II
Em 2012, a prefeitura de Mossoró iniciou processo para realização de concurso público para fiscal de tributos, oferecendo 12 vagas. Sob suspeitas de fraude, o concurso foi cancelado. E de lá para cá não se falou mais no assunto. Como a prefeitura supriu a deficiência de pessoal, é um mistério guardado a sete chaves. Principalmente porque a carência deve ter aumentado, afinal já se passaram 7 anos.

Aumento de preço
A gasolina teve o preço aumentado mais uma vez, essa semana. Em Mossoró, há postos em que o preço do litro é de R$ 4,83 centavos. Logo, chegará aos R$ 5,00. Impressiona a passividade da população com essa situação.

Preço alto, qualidade baixa
Em alguns postos, quanto mais o preço se eleva mais a qualidade cai. Incrível o número de veículos em oficinas com problemas causados por má qualidade do combustível.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...