Sem expediente

Comércio fecha as portas até 30 de março

Decisão foi tomada por entidades classistas em conformidade com decretado de calamidade pública editado pela prefeita Rosalba Ciarlini

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a Associação Comercial e Industrial de Mossoró (Acim) e o Sindicato do Comércio Varejista (Sindivarejo) divulgaram no início da tarde desta segunda-feira, 23/3, nota oficial em que anunciam o fechamento do comércio da cidade de hoje até o próximo dia 30 de março. A decisão foi tomada em conformidade com o decreto de calamidade pública editado pela prefeita Rosalba Ciarlini, também nesta segunda-feira. Veja a nota na íntegra:

“Sensível e responsável diante do nosso papel na sociedade, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró (CDL), o Sindicato do Comércio Varejista de Mossoró (Sindivarejo) e Associação Comercial de Mossoró (ACIM) comunicam a toda população e, em especial aos lojistas, que o comércio está fechado até o dia 30 de março, atendendo ao Decreto n. 5631, da Prefeitura de Mossoró, que tem o objetivo de diminuir a velocidade de propagação da COVID-19, em nossa cidade.

Estamos diante de um desafio e, neste momento, a prioridade é resguardar o bem-estar e a saúde de clientes, fornecedores, lojistas e colaboradores, em um esforço conjunto para barrarmos ao máximo a disseminação do novo coronavírus.

As entidades contam com a compreensão e a participação de todos no combate a essa pandemia. Faremos chegar aos órgãos públicos competentes quaisquer solicitações que contribuam para a manutenção da nossa atividade comercial nesse momento. Ainda de acordo com o decreto, apenas agências bancárias, padarias, supermercados, mercearias, postos de gasolina, clínicas, drogarias, farmácias veterinárias, pet shops, revendas e água mineral e gás, transporte coletivo, hotéis e serviços fúnebres estão orientados a funcionar.

Nós do setor varejista estamos na luta contra o coronavírus. Fiquem todos bem. Fiquem em casa”.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...