ALUIZIO ALVES, PROJETANDO PARA O FUTURO

Um político que pensava além do seu tempo. Assim podemos definir o ex-governador Aluizio Alves. E um dos seus feitos, entre muitos de larga importância, encontra-se fincado em Mossoró. Falo do então Esperança Palace Hotel, prédio que hoje é sede da Câmara Municipal de Mossoró e que neste mês completa mais um ano, tendo sido inaugurado no dia 23 de janeiro de 1966. Na ideia do ex-governador uma cidade para se desenvolver, principalmente fortalecendo o turismo, precisa de um hotel com boa estrutura e assim poder expandir esse processo para o interior do Rio Grande do Norte.

Também em Mossoró Aluizio Alves construiu o conhecido “Colégio Estadual” para desenvolver a educação e no campo da moradia beneficiou a cidade com as casas populares, proximidades do Senai. Voltando ao hotel, o prédio hoje mesmo tendo passado por algumas reformas mantém praticamente a estrutura original. Enfim, Aluizio deixou exemplos a serem seguidos e assim fazer descer a política do palanque eleitoral. Hoje no dia seguinte a uma eleição já tem início o trabalho da reeleição e a luta dos perdedores para tentar ser o vencedor do próximo pleito. Enquanto isso a cidade, o estado e o país, afunda no descaso.

A INDÚSTRIA DA MULTA NO TRÂNSITO

Uma questão a ser discutida essa da chamada “indústria da multa” bancada por empresas particulares que prestam serviços a prefeituras e estados com a instalação de radares nas estradas e perímetro urbano. Eu pergunto: se todos respeitassem as leis do trânsito, teria como ser multado? Um dos poucos pontos que entendo mereça questionamento é o espaço entre a placa de aviso e o radar. Esse sim é um ato pensado para tentar pegar o motorista desatento e que pratica alguma irregularidade no trânsito, principalmente ultrapassando o limite de velocidade permitido no trecho.

No mais eu creio que estão se beneficiando da nossa pouca responsabilidade no trânsito. O que fazer se a via é dupla e o sujeito de moto insiste em ultrapassar pela direita aproveitando pequenos espaços? O que fazer se a placa indica 60 ou 80 quilômetros e o sujeito resolve transformar seu carro em carro de fórmula 1? O excesso de radar que possam travar algumas rodovias e vias urbanas, principalmente em horário noturno, aqui entra o período da violência, até podemos questionar, agora só apontar e cobrar sem fazer nossa parte, fica difícil. Hoje o problema maior no trânsito é a falta de educação, e não apenas o estado que pune.

POTIGUAR EM MOMENTO DELICADO

As duras penas a diretoria do Potiguar, único time mossoroense em atividade no futebol profissional, vai tentando manter o barco navegando, porém as ondas são fortes e existe ameaça de afundar. Não tem sido fácil a navegação no primeiro turno do Campeonato Estadual com derrotas para times considerados, na teoria, inferiores e a constante saída de jogadores e até do treinador. Torçamos para que o barco alvirrubro possa em breve navegar em águas mansas, deixando o mar de ser revolto.

Claro que somar pontos e até brigar por título no estadual é importante, no entanto é preciso que essa má fase acabe ainda no certame regional. É preciso chegar mais adiante com a casa mais arrumada, afinal o Time Macho tem pela frente a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. Isso posto digo aos mais críticos que o momento é de somar forças aos dirigentes já pensando no brasileirão.

REFORMA, NO RN GOVERNO QUE TAXAR INATIVOS

Depois de concluída a reforma da Previdência pelo regime geral a discussão agora desce para os estados e no Rio Grande do Norte já tem uma novidade em discussão. Essa seria a taxação dos inativos. Hoje os aposentados do Rio Grande do Norte, aqueles que já prestaram seus serviços ao governo estadual, são isentos do pagamento da previdência, ou seja, pagou até o ano de sua aposentadoria. No entanto a ex-senadora Fátima Bezerra que fazia coro contra a reforma geral com a bancada de oposição, muda de postura em sua condição governadora.

E entre as mudanças ela passou a defender a taxação dos inativos, ou seja, se passar a proposta da governante potiguar, os aposentados do RN vão ter que voltar a pagar a previdência. E se preparem senhores aposentados e senhoras aposentadas, se nada mudar a proposta é cobrar 11% de quem recebe benefícios. Fique atento que a proposta deverá chegar a assembleia legislativa no mês de fevereiro, ou seja, podem fazer um carnaval de taxação em sua aposentadoria.

NOSSA SENHORA DO SILÊNCIO, INCLUSÃO

A importância da inclusão das pessoas com algum tipo de deficiência é responsabilidade de todos. E a igreja também entendeu assim. Hoje a primeira igreja católica do mundo para surdos é brasileira. É a igreja Nossa Senhora do Silêncio, em Londrina-PR. Tudo começou em 1985 com os padres da Missão para Surdos e aos poucos foi ganhando corpo que culminou com o projeto em 2012 mais ousado de um espaço com todas as condições voltadas para que eles acompanhassem as missas de forma mais participativa.

Assim surgiu a construção do oratório dedicado à Nossa Senhora do Silêncio. Trata-se de uma igrejinha de pedra onde os surdos vão fazer suas orações. O local é dotado de iluminação especial para facilitar o foco dos surdos no altar, ambão, sacrário, cruz e Nossa Senhora. Outro ponto importante é o chão vibratório, isso permite que o surdo perceba o ritmo da música através da vibração e o leva a desenvolver sensibilidade para a música. O próximo passo é transformar a igreja em Santuário do Silêncio. Isso sim é um gesto concreto cristão.

OPERAÇÃO CABRESTO EM JUCURUTU NO RN

E segue a caça aos corruptos pelo Brasil afora. Aos poucos aquelas ações vistas em outros estados também vão se tornando realidade em terras potiguares. Capturando matéria publicada aqui no portaldorn.com tomamos conhecimento da batizada Operação Cabresto do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) que encontrou alguns crimes cometidos na prefeitura da cidade seridoense de Jucurutu. Neste município o acusado de meter a mão no erário é o ex-prefeito George Retlen Costa Queiroz e vários assessores diretos, empresário e até uma estudante da cidade.

A sangria que atingiu a soma de R$ 4.546.080,00 (quatro milhões, quinhentos e quarenta e seis mil e oitenta reais) acontecia via doações de terrenos. Aliás, isso acontece muitos nos municípios. Aqui quero destacar que o tempo passa, porém o Ministério Público anda atento para ex-prefeitos que hoje levam uma vida tranquila sem aparente preocupação com o que fizeram de errado quando estiveram no poder. Ainda existe muito a ser feito pelo MPRN e a população do bem espera que todos aqueles que se utilizaram de forma irregular do dinheiro público algum dia pague pelo ato criminoso.

MENSAGEM

O que somos é consequência do que pensamos. Buda.  

DISCRETAMENTE O LOCUTOR APELOU

Com razão ouvi o âncora do programa de rádio (locutor apresentador) dando uma leve apelada com a atitude do seu ouvinte. O apresentador estava lendo mensagens enviadas e uma delas era pedindo que o locutor cobrasse da empresa de energia a troca de um poste em sua rua. De pronto o locutor perguntou se o ouvinte já havia ligado para o número indicado para reclamações e, em seguida, vendo que havia dado uma cortada no ouvinte amenizou dizendo que era importante manter a imprensa informada, porém se ligar direto na empresa o assunto pode ser resolvido com maior brevidade.

Olha, agiu correto o radialista. Tem momentos que é preciso apelar mesmo, pois é comum a população querer que os outros resolvam aquilo que lhe traz preocupação e nunca reage por conta própria indo atrás do seu direito. Assim é muito bom. Saia da sua zona de conforto e vá a luta. Se o problema é coletivo, mobilize sua comunidade e busque a solução e não transfira para que outros resolvam.

SUSPENSÃO DO CALENDÁRIO DO SISU, PROUNI E FIES

É problema que não acaba mais. Tudo parecia resolvido na segunda-feira, 20, porém novas ações foram protocoladas e o Ministério Público Federal (MPF) pediu, junto a Justiça Federal, a suspensão das inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e alteração dos calendários do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa Universidade Para Todos (Prouni). O próprio Ministério da Educação (MEC) admitiu ter divulgado com erros parte dos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Entendendo a gravidade do problema o MPF resolveu tomar essa decisão. Para que o amigo leitor tenha ideia da situação, mesmo após a revisão das notas um total de 18 ações foram apresentadas à Justiça por candidatos que contestam suas notas, repito, mesmo após a realização de uma revisão do resultado. O Ministério Público Federal argumenta em seu pedido que essa suspensão aconteça até a realização de auditoria e nova conferência dos gabaritos de todos os candidatos do Enem. O caso é sério e aqueles que se julgam prejudicados seguem denunciando pelas redes sociais. O que provocou a ação do MPF.

MELÃO POTIGUAR VENDIDO NA CHINA

A região de Mossoró e seu entorno devem lucrar mais ainda com a produção e venda de melão em 2020. Isso por conta da notícia de que o mercado chinês deverá se abrir para receber o produto dos estados do Rio Grande do Norte e do Ceará. E, entre os potiguares, a produção é intensa em Mossoró e região. A boa notícia veio com o anúncio de que a Administração Geral de Aduana da China (GACC) autorizou a importação de melão brasileiro.

Como já foi dito a região de Mossoró tem muito a ganhar pois possui, segundo empresários do setor, uma produção de 1 milhão de melão por dia. O novo mercado que se abre já teria sido confirmado inclusive pelo próprio Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Rio Grande do Norte e Ceará são os maiores produtores de melão, tendo na linha de frente as fazendas de propriedade da Agrícola Famosa.

SEGURANÇA PÚBLICA NOS ESTADOS

Outro dia ouvi de um cidadão a queixa de que pagava IPTU a prefeitura e por isso exigia mais segurança no seu bairro. Recomendamos então a leitura do artigo 144 da Constituição Federação que diz em seu caput: “A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos:”. Entre seus incisos o artigo cita as policias federais (incluindo a rodoviária) além da polícia militar e civil. Aqui nenhuma delas tem qualquer ligação com as prefeituras.

No parágrafo oitavo do artigo supracitado diz o seguinte: “Os Municípios poderão constituir guardas municipais destinadas à proteção de seus bens, serviços e instalações, conforme dispuser a lei”. Observem que as funções estão bem definidas, e isso significa que, legalmente de acordo com a Constituição, o cidadão terá que cobrar dos governos estaduais e federal por mais proteção. Claro, a depender do caso concreto, a guarda municipal poderá até estender suas ações como auxílio a segurança pública em contexto geral.

 

Notícias semelhantes