Inovação

2ª Vara Criminal da Zona Norte cria serviços de atendimento ao público por meio do WhatsApp

“Zap Jus Processos” e “Zap Jus Audiências” são as duas iniciativas que buscam usar o aplicativo de mensagens WhatsApp a fim de facilitar o contato dos jurisdicionados com a Vara.

Cada vez mais se buscam maneiras de dar agilidade aos processos que estão em trâmite na Justiça. Pensando na celeridade que deve existir nesse âmbito, o juiz Rosivaldo Toscano, da 2ª Vara Criminal da Zona Norte de Natal, criou dois projetos para tornar a comunicação entre as partes e o Judiciário mais prática. “Zap Jus Processos” e “Zap Jus Audiências” são as duas iniciativas que buscam usar o aplicativo de mensagens WhatsApp a fim de facilitar o contato dos jurisdicionados com a Vara.

O “Zap Jus Processos” é uma ponte entre o magistrado, as partes e seus advogados. “É um espaço virtual, através do aplicativo WhatsApp, onde o jurisdicionado e os advogados podem fazer reclamações, sugestões e tirar dúvidas”, resume Rosivaldo Toscano.

Através do projeto é possível ter acesso mais fácil a informações sobre os autos do processo sem necessidade de deslocamento até a unidade judiciária. Segundo Toscano, esse serviço é importante para o desafogamento da secretaria judiciária. “A presença física é sempre mais demorada, e o aplicativo de mensagens vai melhorar a qualidade do atendimento”, declarou.

Os beneficiados poderão tirar dúvidas sobre o andamento dos processos e fazer sugestões, tudo diretamente com a secretaria judiciária e com o gabinete do juiz, obtendo uma resposta rápida e precisa, sem precisar se deslocar ao prédio do Fórum Varella Barca.

“As informações dadas pelo WhatsApp são as mesmas que seriam dadas presencialmente”, pontuou o magistrado. “A equipe fica com o aparelho celular durante o expediente [das 8h às 18h] para fazer os atendimentos, podendo recorrer a mim também”, disse o juiz.

Lembretes

Já o projeto “Zap Jus Audiências” é utilizado para fazer lembretes, de modo a evitar que os defensores, partes, testemunhas e demais auxiliares da Justiça faltem às audiências por eventual esquecimento de datas. “Tenho constatado que o contato prévio aumenta a presença no tribunal”, observou o juiz Rosivaldo Toscano.

Ele comenta que os resultados são positivos. “Os advogados e as testemunhas agradecem, pois as intimações físicas e as intimações no Diário da Justiça são feitas cerca de dois meses antes”, afirmou. “Os policiais, que precisam comparecer ao tribunal, também são lembrados pelo aplicativo. Às vezes a polícia não informa a eles que precisam comparecer, então também avisamos e, assim, garantimos a efetividade da audiência, permitindo que possamos concluir a instrução criminal e julgar na própria audiência”, completou.

Rosivaldo Toscano ressalta que trata-se de um projeto piloto, embora já esteja em pleno funcionamento. “Pretendo fazer cerca de três meses de estudo e pesquisa de satisfação junto aos servidores, Ministério Público, OAB e os cidadãos”, contou o juiz “Esperamos poder sugerir a ampliação a iniciativa para outras Varas e Comarcas interessadas”, concluiu.

Serviço

Os serviços já estão funcionando e todos os processos da 2ª Vara Criminal da Zona Norte podem ser consultados por meio do número de WhatsApp: (84) 99643-5109.

TJRN

Notícias semelhantes