2020 – Um ano para ser lembrado

No olhar no senso comum, eu diria, um ano para ser esquecido em relação aos dias difíceis vividos em 2020. Vou na linha contrária e digo que 2020 é um ano para ser lembrado. Lembrar dos milhões de seres humanos que perderam a vida para um inimigo invisível. Lembrar também da impotência das grandes potencias que até agora não conseguiram encontrar uma trincheira uniforme para combater essa desgraça chamada Covid-19. Cada um atira a sua maneira, sem saber sequer onde encontrar o alvo.

Precisamos lembrar também daquelas autoridades que se utilizam da situação para transfar uma praga em trampolim político. A higienização desse tipo de comportamento pode ser feita nas urnas, banindo o elemento da vida pública. O ano de 2020 precisa ser lembrado, e certamente os livros de história vão se encarregar da missão, que o ser humano teve que usar máscara e ficar em casa para sentir e conhecer o peso da sua impotência. Infelizmente, apesar de tudo que foi vivido e ainda perdura, muitos não aprenderão a lição.

PRÊMIO FERENC PUSKÁS EM MOSSORÓ

O futebolista sabe que o Prêmio Fifa Ferenc Puskás foi instituído para homenagear o jogador que marcou o gol mais bonito do ano. Isso posto, o meu voto para o golaço do ano vai para o prefeito Allyson Bezerra de Mossoró-RN ao indicar para a secretaria de esportes Júnior Xavier. Conhece do assunto, é um ser humano extraordinário e já provou, em diferentes áreas do esporte, a sua competência.

A questão a partir de janeiro vai girar em torno das condições de trabalho que serão ofertadas ao secretário. O esporte mossoroense, seja ele amador ou profissional, anda em baixa. Embora o profissional seja competência de outra área, não podemos negar que a parceria com o poder público poder ser a salvação. Especificamente o foco da secretária é o esporte amador e o novo prefeito começou bem na escolha de Júnior Xavier, agora só precisa viabilizar as condições de trabalho.

UMA BOA COMUNICAÇÃO

O prefeito de Mossoró-RN, Allyson Bezerra, comunicou legal na escolha do jornalista Regy Carte para assumir a secretaria de comunicação. Aliás, registro seja feito, essa pasta parece iluminada, pois já vinha bem ocupada pela jornalista Aglair Abreu. Faço o registro dos dois nomes pelo seguinte motivo, além da competência profissional, são pessoas com livre acesso no meio, fruto do bom caráter.

Então nos resta agradecer ao trabalho realizado por Aglair Abreu, e manifestar votos de sucesso para missão que agora é entregue ao jornalista Regy Carte. Ele tem larga experiência em assessoria e deixo aqui como registro o ótimo trabalho realizado nos últimos anos na Diretoria de Comunicação da Câmara Municipal de Mossoró. A luz do bem e do bom trabalho seja sua guia.

EM SÃO PAULO O VIRUS É UM BOÊMIO

Enquanto mandava o povo ficar em casa e anunciava restrições a população de São Paulo, o governador João Doria foi passear nos Estados Unidos. E parece que ele não é o único boêmio da pauliceia, o Covid-19 também gosta da noite. É assim em tom de ironia que estão reagindo a medida de proibir, em São Paulo, a venda de bebidas alcoólicas a partir das 20:00 (vinte horas). Como se a bebida fosse motivo de contaminação e, se a questão for aglomeração, a turma compra e reúne na calçada ou no terreiro de casa e faz um happy hour só para se vingar.

E outra, se é proibido só a partir das 20:00, fica o entendimento que a turma olha o relógio, faz a compra às 19:58 minutos e segue a farra. O certo é que a população e a mídia bateu com vontade na decisão do governador. E para ficar mais tensa a sua situação, ele esnoba em fotos em Miami, no Estados Unidos. Resumindo, as ditas autoridades responsáveis seguem perdidas nas medidas de combate ao novo coronavírus. Então gente, lave as mãos com sabão e use máscara.

NÃO AO ARQUIVAMENTO DOS BONS PROJETOS

No Congresso Nacional, leia-se, Câmara dos Deputados Federais e Senado Federal, assim como acontece na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o parlamentar que não consegue renovar seu mandato e, caso exista, projeto de sua autoria em tramitação, este segue seu curso normal. Diferente da Câmara Municipal de Mossoró que, de acordo com o seu Regimento Interno, promove o arquivamento das proposições dos vereadores que não conseguem a reeleição.

Creio que seja esse um erro que precisa de correção. Essa postura pode colocar um ponto final em boas ideias que visem gerar benefício a sociedade mossoroense. Esse é um assunto que precisa de um olhar mais técnico, sem observar o autor. Claro, se a intenção da proposta não for boa, rejeita na comissão e mantém a decisão em plenário. Agora, simplesmente arquivar pelo fato do autor não ser mais vereador é uma medida equivocada que pode gerar prejuízo ao município.

CONSEQUÊNCIAS DOS SEUS ATOS

Para começo de conversa, é bom você não ignorar a lei de ação e reação, evite surpresas. É triste observar pessoas assumindo postura de pura maldade. Não tenho dúvidas de que cada passo e ação que tomamos nessa vida possui uma consequência. Por isso é primordial ter consciência dos próprios atos e pensar antes de fazer uma decisão importante, pois tudo tem uma reação. Pense sempre adiante e tome cuidado com as consequências! Procure entrar em consonância com suas crenças, não apenas nos discursos, mas nas ações.

Outro dia andei tendo um texto no site mensagenscomamor.com, no qual dizia que, em tudo que fizer, lembre-se de que o que você emana pode voltar para a sua vida. E tem muito de verdade nisso. Ao fazer o bem, fique feliz com o retorno que pode vir ao seu encontro, mas se é o mal que você dissemina, prepare-se, pois pode não suportar a carga que vai pesar sobre os seus ombros. Isso posto, lembramos, não ignore a lei de ação e reação, pois você pode se surpreender. Acorde para a realidade da vida e cuidado com as consequências dos seus atos.

MENSAGEM

Não precisamos ser negros para lutar contra o racismo. Só precisamos ser humanos.

Verinha Sfalsin

ENERGIA LIMPA E RENOVÁVEL

O sol tem em abundância, não precisamos nos preocupar com reposição do produto base para implementar uma política de ampliação da oferta de energia solar. E seguindo essa linha de raciocínio, o Rio Grande do Norte andou a passos largos no investimento no setor em 2020, com previsões positivas para o futuro. É o que garante o governo potiguar.

O titular da secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, Jaime Calado, disse em matéria publicada aqui no Portal do RN que os empregos gerados durante as fases de instalação e operação irão movimentar a economia local e proporcionarão o aumento da arrecadação municipal através do ISS e outras contribuições, geradas principalmente durante a fase de instalação do empreendimento. O RN fecha 2020 com 25 grandes usinas solares fotovoltaicas contratadas, que somadas terão 943MW de potência instalada, o que representa um aumento de 257% em número de empreendimentos e 210% de potência contratada em relação ao ano de 2019.

GARI DE OLHO NA ASSEMBLEIA

Enquanto algumas cidades do Rio Grande do Norte festejam o surgimento de novas lideranças após as eleições municipais deste ano, o futuro pode reservar o retorno de rostos conhecidos da política potiguar. As chamadas “velhas raposas” ainda não penduraram as chuteiras, ou seja, nada de aposentadoria, a corrida por um mandato eletivo deve ser retomada.

Entre os nomes que já costuram conversas nos bastidores para colocar o nome à disposição do eleitor citamos o ex-governador Garibaldi Alves Filho. Ele mesmo, o “Gari” pode voltar aos palanques eleitorais já em 2022. Pelas informações iniciais a meta seria uma cadeira de deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. E mais uma vez a sigla seria o MDB, onde construiu sua trajetória na vida pública.

ESTÁDIOS DE FUTEBOL EM SITUAÇÕES OPOSTAS

Enquanto em Mossoró-RN, como diz o povão, o estádio Nogueirão definha, no vizinho município de Tibau-RN, a realidade é totalmente diferente. Graças aos esforços da prefeitura local, a cidade litorânea ganhou um novo estádio, agora com estrutura moderna. Tem lances de arquibancada e já foi entregue com iluminação artificial (refletores).

Quem sabe, em futuro próximo, o time do Potiguar possa firmar parceria com a administração do estádio, novinho em folha, e realizar treinos ou até mandar seus jogos do Campeonato Estadual que se aproxima. Fica a dica e, se interessar, as partes já podem iniciar as tratativas. Pelo quadro atual, só lembrando, o Nogueirão segue interditado.

IMPRESCRIBILIDADE DO CRIME DE INJÚRIA RACIAL

Sem a presença do torcedor nos estádios, tem sido possível ouvir melhor o que dizem aqueles que estão envolvido com a partida dentro de campo e no seu entorno. Infelizmente não são apenas o grito de gol, o pedido de passe, orientação do treinador ou o trilhar do apito da arbitragem que se escuta. Existem até casos envolvendo denúncias de racismo ou injúria racial. Casos recentes fizeram jogadores abandonar o campo na Europa e também teve confusão no Brasil.

Aproveitamos o tema para lembra que, em decisão proferida pela 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), foi declarada a Imprescritibilidade do Crime de Injúria Racial, equiparando ao crime de racismo. O entendimento é de que os crimes de Injúria por conotação racial prevista no artigo 140, parágrafo 3º do Código Penal, se equipara aos crimes previstos na Lei 7716/89, Crime de Racismo. A partir desta decisão a injúria torna-se imprescritível e inafiançável. Importante destacar de que a imprescritibilidade e inafiançabilidade do crime de racismo está previsto na constituição Federal de 1988, no artigo art. 5° inciso XLII.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...