Propagação

Visitas são suspensas no presídio federal de Mossoró por causa do coronavírus

A medida é válida por 30 dias e já está em vigor

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) suspendeu as visitas sociais, atendimentos de advogados, atividades educacionais e de trabalho, assistências religiosas e escoltas dos presos custodiados no presídio federal de Mossoró.

A medida, que é válida por 30 dias, acontece nas outras quatro unidades federais do Brasil como forma de combater a propagação da Covid-19.

As visitas nas outras unidades prisionais do Rio Grande do Norte estão suspensas por pelo menos até 31 de março, de acordo com determinação da Secretaria da Administração Penitenciária (Seap). A perspectiva é de que a suspensão seja prorrogada.

Notícias semelhantes