Vaidade, ostentação e exibicionismo

A pandemia da Covid-19 está tentando nos apresentar, da forma mais cruel e dolorida possível, é verdade, um novo aprendizado. Mais do que isso, está nos dando a chance de fazer coisas que a correria do dia a dia nos servia de pretexto para adiá-las. Mas, infelizmente, muitos não estão se dando conta disso.

A nova realidade sanitária mundial é um pedido para que o consumismo, a vaidade, a ostentação e o exibicionismo sejam minimizados. Uma oportunidade para que não reservemos muito tempo para as coisas fugazes, tolas, bobas, insignificantes, como o são o consumismo, a vaidade, a ostentação e o exibicionismo.

Paradoxalmente, é em nome desses débeis sentimentos que muita gente está colocando em perigo sua saúde e arriscando a vida de pessoas mais suscetíveis ao grande mal da atualidade.

Só isso para explicar os desnecessários selfies praianos, as insensatas festas barulhentas, as inúteis – e principalmente perigosas – aglomerações. Verdadeiras corridas para o caos. Insensíveis registros de desprezo pela vida. Inequívocas demonstrações de falta de empatia e solidariedade.

O resultado é o aprofundamento da crise. Mesmo com toda crueldade, com toda dor, ela quer nos ensinar. Infelizmente, muitos se negam a levar a sério a lição.

LONGA ESPERA

A possibilidade de uma espera de 8 anos pode ser uma das dificuldades de junção da oposição em Mossoró. Explica-se: o candidato a prefeito, nessa faixa, o será também – de forma natural e em caso de sucesso nesse ano – em 2024. Qualquer acerto entre as forças de esquerda passa necessariamente pela contagem desse tempo. E não é pouco.

TARDIA E DESACREDITADA

A Justiça tarda e, quando chega, muitos não acreditam mais. Por desesperança, por conveniência ou por cansaço

QUEDA SEM REDUÇÃO

A prefeita Rosalba Ciarlini quer fazer crer que as receitas municipais estão em frangalhos. Alardeia uma redução de R$ 32 milhões entre abril e julho. A realidade dos fatos e outra bastante diferente. Conforme levantado pioneiramente pelo Blog do Barreto, pelo Portal do Oeste e também por esse Portal do RN, os recursos que entraram nos cofres municipais esse ano, ficaram acima do montante registrado em 2019.

MENOS FRANCISCO

O vereador mossoroense Francisco Carlos (PP) em sua justificada – embora tacanha – sanha servil ao Palácio da Resistência, tem se notabilizado em querer “dar carão em jornalistas”. O parlamentar não suporta que sejam feitas quaisquer críticas à prefeita Rosalba Ciarlini e à sua gestão cheia de erros, mistérios e suspeitas.

MENOS FRANCISCO II

Alçado a um importante cargo público graças ao sistema democrático – no qual a liberdade de expressão é um dos seus corolários -, deveria o vereador lembrar que não se rebate críticas com autoritarismo, não se convence com gritos, não se combate o bom combate com achaques ou tentativas de menoscabar os contrários.

 

EM CAMPANHA

Com verdadeira ojeriza ao Nordeste, o presidente Bolsonaro (sem partido) anuncia vinda ao Rio Grande do Norte no próximo dia 21. Sem qualquer obra do governo federal por aqui, vem tão somente semear ódio na tentativa de colher votos.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...