Saúde

Unidades Básicas de Saúde passam a atender em horário estendido

As unidades estão participando do programa Saúde na Hora contra coronavírus

A Unidade Básica de Saúde Doutor Chico Porto (bairro Ouro Negro), Maria Soares da Costa (Alto de São Manoel) e Dr José Fernandes de Melo (Lagoa do Mato) estão funcionando em horário estendido.

A UBS Dr Chico Porto, localizada no bairro Ouro Negro em Mossoró, passou a atender, desde segunda-feira (13/4) até setembro, em horário estendido das 7h às 19h, sem fechar para almoço, visando ampliar os serviços de saúde e combater ao novo coronavírus. Essa iniciativa evita que indivíduos atendidos nessa região se aglomerem na UBS e evitem procurar uma UPA quando podem receber os cuidados na Unidade de Saúde.

O médico da Chico Porto, Gustavo Vidal, explicou que a UBS está realizando consultas por horário agendado, pelo número fixo 3315-5209, como forma evitar qualquer possível aglomeração. “Isso facilita bastante o atendimento porque tem como agendar (ou seja a pessoa vem no horário marcado) e evitar aglomeração durante esse período de coronavírus. Ao chegar aqui, o usuário vai aguardar no máximo 10 minutos e logo será atendido. Isso é bom para a equipe e melhor para o usuário.”, disse Vidal.

A gerente da Unidade do Ouro Negro, Josileide Costa, falou que as duas equipes de Estratégia de Saúde da Família (compostas por dois médicos, dois enfermeiros, dois técnicos em enfermagem e 12 agentes comunitários de saúde) estão engajadas e se dedicando para sempre ofertar o melhor à população. “Nós começamos hoje ao programa do horário estendido. Esse programa tem o intuito de atender a população que não tem como vir na Unidade Básica de Saúde durante o horário comercial, por exemplo. Esse programa deve durar por um período de cinco meses e nossa equipe está muito engajada.”, afirmou a Josileide.

Quem recebeu os atendimentos no horário da noite aprovou a iniciativa da UBS da Prefeitura. “Fui muito bem atendida. Já tinha meu horário agendado aqui no Chico Porto. Estou amando o atendimento e adorando essa equipe que é muito competente.”, comenta a dona de casa Maria Lucimar, de 48 anos.

Essas Unidades de Saúde do Município estão participando do programa “Saúde na Hora contra coronavírus: horário estendido emergencial da APS” do Governo Federal que incentiva os Municípios a estenderem os horários de atendimento de saúde à população durante a pandemia da covid-19. “A cada mês que os parâmetros forem cumpridos, o município recebe o valor de R$ 15 mil por unidade com funcionamento mínimo de 60 horas semanais ou R$ 30 mil por unidade com funcionamento mínimo de 75 horas semanais.”, informa o Ministério da Saúde.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...