Incerteza

UFERSA só tem garantia de funcionamento até setembro

Reitor informa que a universidade não tem orçamento para os meses de outubro, novembro e dezembro

As aulas na Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) retornam no próximo dia 16. Apesar de o retorno das atividades letivas está garantido, a continuidade do funcionamento da instituição para os meses seguintes ainda é uma incógnita. “Hoje nós temos orçamento para trabalhar até o mês de setembro. Para os meses de outubro, novembro e dezembro, ainda não há nenhuma garantia”, informou hoje ao Portal do RN, o professor Arimatéia Matos. reitor da instituição.

Matos ressalta que apesar do contingenciamento de recursos feito desde abril passado, a UFERSA esta´com todas as suas contas em dia. “Apesar das dificuldades que temos passado, não precisamos demitir ninguém nem deixamos de honrar nenhum dos nossos compromissos”, garante.

Ainda segundo o reitor, do orçamento previsto para esse ano, o governo vem autorizando uma média mensal de 7% dos recursos. “Para esse mês, o que temos de previsão para uso é de menos de 7%. Já para os meses de outubro, novembro e dezembro, não temos nada. Se o governo não acenar com uma nova liberação, não sabemos como vai ser embora eu pessoalmente acredite que o governo não vai fechar nenhuma universidade”, analisa Matos.

O reitor da UFERSA destacou ainda que sobre os novos cortes no custeio de bolsas, anunciado pelo governo através da imprensa, a instituição não foi oficialmente informada ainda. “As bolsas são contínuas. Quando encerra um prazo de um bolsista, logo selecionamos outro. Então, as bolsas que já tínhamos seguem normalmente”, finalizou.

Notícias semelhantes