Reunião

UERN apresenta informações sobre obra de Campus a vereadores de Apodi

O reitor Pedro Fernandes Ribeiro Neto recebeu uma comitiva de vereadores de Apodi para discutir a retomada das obras da construção do Campus daquele município.

A reunião foi aberta pelo reitor Pedro Fernandes que explicou que contou com a ajuda da senadora Fátima Bezerra (PT) para liberar a primeira parte dos recursos que permitiu iniciar a obra e a segunda etapa já contou com a ajuda do senador José Agripino (DEM). “A conjuntura nacional prejudicou muito o acesso a esses recursos. Não parei um único segundo de ir atrás disso (recursos para o Campus de Apodi)”, explicou.

O presidente da Câmara Municipal de Apodi Genivan Varela (PC do B) explicou que a audiência foi provocada a partir da informação da liberação dos recursos. “A nossa preocupação surgiu a partir da divulgação da liberação dos recursos para a segunda etapa da obra gerou uma expectativa muito grande na sociedade apodiense”, frisou.

A pró-reitora de planejamento Fátima Raquel fez uma apresentação mostrando como foram distribuídos os recursos do convênio 780656/2012 assinado com o Governo Federal através de emenda do deputado federal Fábio Faria (PSD) cujo valor total R$ 5.542.674,70 que ao contrário do que foi divulgado não era exclusivamente para a construção do Campus de Apodi.

A obra prevê:

A) Reforma do Almoxarifado: R$ 225.795,58

B) Reforma das estruturas físicas da Rádio Universitária:  R$ 53.039,03

C) Reforma da Reitoria: R$ 285.490,82

D) Reforma do bloco de salas: R$ 642.349,27

E) Construção do Campus Avançado de Apodi: R$ 4.336.000,00

Ela acrescentou ainda que a liberação de R$ 1 milhão serviu para a primeira etapa da obra do Campus de Apodi, as medições que consumiram 46% do valor liberado e o restante foi utilizado na reforma da reitoria e almoxarifado. “Teremos que iniciar as obras na rádio para cumprir as exigências do convênio para garantir a liberação dos demais recursos”, explicou Fátima Raquel.

Parte desse recurso liberado também será destinado a reformas dos blocos de salas.

O assessor de obras da Reitoria Osmídio Morais explicou que a fundação corresponde a 20% de uma obra como a do Campus de Apodi e que a empresa retomará a obra entre 10 e 15 dias concluindo a parte de fundação para passar a etapa da alvenaria. “Nós agora vamos conseguir avançar mais em Apodi nessa nova liberação com mais de R$ 1 milhão do total de R$ 1,7 milhão para o novo Campus”, acrescentou.

O vereador Gilvan Alves (Avante) disse ter se sentido atendido pelas explicações apresentadas. “Eu me dou por satisfeito com essas explicações que serão muito importantes para a gente repassar para a população de Apodi”, avaliou.

Agecom/Uern

 

Notícias semelhantes