Desembargos

TRE/RN rejeita novo recurso de Kerinho

Ex-candidato a deputado federal alega que contracheques que a prefeitura de Monte Alegre acostou ao processo são falsos

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TER/RN) acaba de rejeitar pedido feito por Kéricles Alves Ribeiro, o Kerinho, por meio de embargos, para que a Corte suspendesse o julgamento do processo que analisa a legalidade de sua então candidatura a deputado federal em 2018.

Kerinho ve sustentando que se desincompatibilizou do cargo comissionado que ocupava na prefeitura de Monte Alegre. Aquele município, no entanto, sustenta que no prazo proibido pela Justiça, Kerinho ainda se mantinha no cargo, tendo inclusive apresentado contracheques mostrando que ele vinha recebendo regularmente os salários pelo cargo ocupado.

Nos embargos, Kerinho solicitou o adiamento do julgamento de hoje. Argumentou que o contracheques apresentados pela prefeitura de Monte Alegre são falsos. Seus argumentos não convenceram a maioria dos desembargadores e o julgamento segue até o meio-dia, quando será interrompido para que os julgadores possam se alimentar.

O caso julga a suposta inelegibilidade de Kerinho. Se a sua candidatura for indeferida, seus votos não são computados e o mandato ocupado hoje por Beto Rosado (PP) será devolvido a Fernando Mineiro (PT).

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...