Prevenção

Sesap orienta municípios a ampliar vigilância e testagem

Secretaria aponta a necessidade de se combater aglomerações e monitorar casos suspeitos

O reforço das ações de vigilância por parte dos municípios, no que tange ao rastreamento de casos suspeitos e confirmados de Covid-19, e as medidas de apoio do Governo do Estado no combate à pandemia tem sido destacados pelo secretário estadual de saúde, Cipriano Maia.

“É um momento de reforçarmos a vigilância para evitar aglomerações e de os municípios ampliarem as ações para que não venhamos a ter aumento da transmissibilidade da doença”, destacou o secretário, que ainda reforçou a importância da ampliação da testagem.

“Estabelecemos o contrato com apoiadores para atuarem nos municípios e demos as condições para esse aumento da testagem. É extremamente importante que os municípios intensifiquem os testes em casos suspeitos, para que assim consigam também ter maior controle e monitoramento da doença”, disse Cipriano.

FISCALIZAÇÃO – Ao longo do feriado da Independência, as forças de segurança do Estado atuaram em todas as regiões do RN na contenção das aglomerações, na fiscalização das medidas de distanciamento social e na orientação da população, dentro das políticas do Pacto pela Vida.

O trabalho conjunto das polícias Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros Militar, ao lado dos municípios, rendeu mais de 20 barreiras sanitárias nas entradas e saídas das cidades, além de mais de mil ocorrências registradas. “A população tem nos ajudado bastante, denunciando os casos de aglomerações, desrespeito aos decretos. Seguimos contando com a participação ativa dos potiguares para evitar tudo isso”, ressaltou o tenente-coronel PM Eduardo Franco, porta-voz da corporação.

A delegada-geral da Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva, reforçou que as equipes seguem atuando em conjunto para manter o controle nas ruas. “Instalamos uma delegacia móvel em Pipa justamente para atender todas as ocorrências encaminhadas na região. É preciso destacar que, cada vez mais, necessitamos que a população colabore”, disse Saraiva.

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Luiz Monteiro, pontuou a necessidade das pessoas que voltaram a circular manterem a atenção tanto para as medidas de biossegurança. “Tivemos um aumento no fluxo de banhistas no feriado e isso afetou também o número de ocorrências de salvamento”, explicou o comandante.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...