Em Mossoró

Serviço de Raio-X é retomado no PAM Bom Jardim

Irregularidades como dívidas com terceirizada e problemas na estrutura física foram solucionados e exames voltam a ser oferecidos

Mais um serviço na área da saúde, em Mossoró, é normalizado. Os exames de Raio-X do Centro Clínico do Bom Jardim, mais conhecido como PAM do Bom Jardim, voltaram a ser disponibilizados para a população. A retomada dos serviços aconteceu hoje, 14, após o setor passar por várias adequações.

A unidade atende a demanda encaminhada pela regulação do Sistema Único de Saúde (SUS) direto das Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), desde 2018, irregularidades nos serviços vinham expondo os trabalhadores a riscos de radiação devido à falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s).

Outro problema que vinha comprometendo o serviço, era a falta de estrutura física da sala onde eram realizados os exames de Raio-X. Segundo a SMS, o teto da sala apresentava comprometimento em sua estrutura e precisou passar por manutenção.

Ainda de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, outra irregularidade que também foi sanada em tempo recorde foi a atualização de pagamento junto a empresa que prestava serviço a este setor da saúde. Segundo a SMS, foi feito um acordo e se encontra em fase de pagamento. “Desde 2018, não pagaram a empresa que faz a avaliação dos dosímetros, que indica o índice de radiação incidente nos funcionários que operam o Raio-X. Tivemos que paralisar os serviços para que pudéssemos regularizar as pendências com a empresa e isso foi feito, de modo que, os exames já estão sendo realizados novamente”, afirmou a secretária de saúde Morgana Dantas.

A administradora do setor de Raio-X do PAM do Bom Jardim, Carolina Santos reforçou a importância do investimento. Em cerca de três semanas a Secretaria Municipal de Saúde conseguiu transpor os principais obstáculos. Com a retomada do serviço, a meta é zerar a fila de Raio-X. “Já estamos recebendo os pacientes com mais segurança porque recebemos equipamentos como o capote de chumbo, máscaras, luvas e filtros. Também recebemos películas grandes que são comuns, por exemplo, nos exames de tórax”, ressaltou Carolina.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...