Preparação

Seleção Brasileira faz treino no Morumbi e recebe o carinho de mais de 12 mil torcedores

Foi a primeira atividade da equipe depois da goleada por 4 a 1 sobre o Uruguai, na quinta-feira, em Montevidéu; equipe pega o Paraguai na terça-feira (28).

A seleção brasileira treinou na tarde deste sábado (25), no Morumbi, com a presença de cerca de 13 mil torcedores. A atividade foi a primeira da equipe depois da goleada por 4 a 1 sobre o Uruguai, na quinta-feira (23), em Montevidéu, e serviu para os jogadores terem contato com o público e sentirem a popularidade resgatada com as sete vitórias consecutivas da equipe nacional nas Eliminatórias da Copa do Mundo.

O trabalho no Morumbi durou pouco mais de uma hora e teve a presença basicamente dos reservas, em um treino em campo reduzido. Como nove jogadores do elenco permaneceram na academia e fizeram reforço muscular, cinco atletas das categorias de base de São Paulo e Corinthians completaram os times. Neymar, Philippe Coutinho e Marcelo foram ao gramado apenas para bater bola e permaneceram separados dos demais.

Em um momento do treino grupos de crianças invadiram o gramado, por dois lados diferentes do campo. Quem teve mais sucesso foi um garoto, que conseguiu se aproximar de Neymar. Antes disso, porém, ele foi contido por um segurança. O atacante do Barcelona viu a cena e se aproximou do fã para dar um abraço. Coutinho e Marcelo também acompanharam Neymar no gesto de recepção ao garoto.

Do lado de fora o Morumbi viveu um ambiente similar ao de um jogo. A chegada da torcida movimentou as ruas nos arredores, onde flanelinhas tentavam vender entradas, apesar de os ingressos terem sido trocados somente por 1kg de alimento, e ambulantes ofereciam camisas da seleção ou lanches. Dentro do estádio, o São Paulo teve que esconder com algumas faixas azuis os letreiros dos patrocinadores, para não criar conflito com as marcas dos apoiadores da CBF.

A torcida vibrou com os gols na atividade e brincou com o novo mascote da seleção, o Canarinho, que chutou bolas em direção às arquibancadas. Em campo, a novidade foi a presença de Mariano, lateral-direito do Sevilla convocado para a vaga de Daniel Alves, suspenso. O jogador se apresentou à equipe por volta das 6h da manhã deste sábado e treinou junto com o elenco. O zagueiro Thiago Silva sentiu dores no joelho pela manhã, passou por exames mais cedo e integrou o trabalho.

Na preparação para enfrentar o Paraguai, na próxima terça, a seleção fará ainda dois treinos no estádio do Corinthians, palco do confronto pelas Eliminatórias. As atividades ocorrerão nas tardes de domingo e segunda-feira sem a presença da torcida e com imprensa liberada para acompanhar os treinamentos por tempo reduzido.

Estadão

 

Notícias semelhantes