Mossoró

Secretaria de Saúde normaliza distribuição de insulinas, fitas e lancetas

Os pacientes com cadastro podem retirar as insulinas e insumos no Centro Administrativa Prefeito Alcides Belo

Pacientes com diabetes cadastrados no sistema da Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró para o recebimento gratuito de insulinas e insumos, já sentem uma grande mudança em relação à execução do programa garantidor do tratamento da doença, mas que nos últimos anos, vinha registrando longos períodos de falta, tanto dos medicamentos como, principalmente, de insumos como fitas para a medição da glicose e lancetas.

A pasta da saúde, encontrou uma situação na qual os depoimentos dos beneficiários mostravam um programa falho, marcado por problemas na distribuição de insulinas devido ao desabastecimento constante dos estoques.

A intenção da Secretária de saúde Morgana Dantas, ao dialogar com a associação dos diabéticos de Mossoró, é reestruturar o setor, avaliar a situação dos próprios pacientes cadastrados, trabalhando inclusive para orientar estes beneficiários quanto ao acompanhamento multiprofissional que possa propiciar a reeducação alimentar dos mesmos e despertar os pacientes para a importância dos exercícios físicos como uma prática suplementar no tratamento à diabetes. “É importante que os próprios diabéticos saibam que o tratamento eficaz não se faz apenas com a caneta de insulina, mas, precisa ter atividade física, alimentação adequada, acompanhamento profissional para que o paciente tenha qualidade de vida”, destaca Morgana.

Desde que assumiu a pasta da saúde, Morgana Dantas se deparou com a falta de insulinas, fitas HGT para medição do índice glicêmico e lancetas. O caso mais grave envolveu em meados de janeiro deste ano, a falta da insulina do tipo Novorapid, uma insulina especial que por força de uma resolução de 26 de agosto de 2020, publicada no Jornal Oficial do Município (JOM), limita a sua distribuição a um total máximo de cinco canetas.

“Considerando que, a embalagem secundária do medicamento contém 05 (cinco) sistemas de aplicação preenchidos com 3 ml de solução injetável cada. A quantidade máxima permitida pela tabela do SUS para dispensação mensal também é de 05 (cinco) sistemas de aplicação. Caso o paciente necessite de 04 (quatro) ou menos unidades, a pessoa responsável pela distribuição poderá realizar o fracionamento do medicamento, de forma a contemplar a necessidade do paciente, atentando-se para fornecer, junto com o medicamento, a bula com as orientações de uso. Quando a bula do medicamento for um limitante, imprimir um exemplar para acompanhar o medicamento fracionado”, informa a publicação do JOM.

Estoques de insulinas e insumos

O município de Mossoró agiu rapidamente e regularizou no começo de 2021, os estoques de insulinas Tresiba e Novorapid. As canetas do primeiro tipo de insulina são distribuídas aos pacientes cadastrados na quantidade especificada pela prescrição médica, ou seja, sem a limitação quantitativa em vigor e legitimada pelas normas do Sistema Único de Saúde (SUS) para a Novorapid. Já esta última, segue com a distribuição limitada a cinco canetas por cadastro.

Quanto à regularização do estoque de fitas e lancetas, de janeiro até 9 de fevereiro deste ano, a Prefeitura de Mossoró, já investiu R$ 86.936,78 com a compra destes insumos. “Com esta compra feita emergencialmente conseguimos retomar além da entrega das insulinas, também a distribuição de fitas e lancetas aos nossos pacientes, que são importantíssimas para eles”, disse Tayane Almeida, coordenadora do Centro de Abastecimento Farmacêutico da Secretaria Municipal de Saúde.

Os pacientes com cadastro podem retirar as insulinas e insumos no Centro Administrativa Prefeito Alcides Belo, no bairro Aeroporto, entre 07h30 e 12h00. No turno da tarde as equipes da atenção aos pacientes com doenças crônicas visitam os pacientes e realizam a entrega das insulinas ao público que tem dificuldade ou limitação de locomoção.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...