Em Assembleia

Professores da Rede Estadual acatam proposta de reajuste do piso

A assembleia também aprovou a continuidade da luta, juntamente com o Fórum dos Servidores, pelo pagamento dos atrasados dos aposentados e aposentadas.

Os professores da rede estadual de ensino aprovaram a proposta de reajuste do Piso do Magistério apresentada pelo Governo do Estado. A decisão da categoria foi tomada em assembleia Estadual do SINTE/RN (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte), realizada na manhã desta quarta-feira (20/3), na Escola Winston Churchill, em Natal. Dos presentes apenas docentes votaram contrários à nova proposta de pagamento do reajuste do Piso do Magistério apresentada pelo Governo do Estado.

Coordenador geral do SINTE/RN, o professor Rômulo Arnaud revela que o processo de negociação para implantação de outras pautas da categoria deve continuar. “ Vencida a questão do piso, a partir de agora vamos voltar as negociações para outras demandas como mudanças de letras, de nível, quinquênio, pagamento de horas extras e melhorias nas estruturas das escolas”, informou.

A assembleia também aprovou a continuidade da luta, juntamente com o Fórum dos Servidores, pelo pagamento dos atrasados dos aposentados e aposentadas.

Com a aceitação da proposta pelos docentes, o Governo do Estado enviará para a Assembleia Legislativa para aprovação pelos deputados.

Rômulo Arnaud critica a forma atual de aprovação e concessão do reajuste do piso do Magistério que todos os anos há a necessidade de aprovação da Lei por parte do Legislativo estadual, mesmo após a deliberação do Ministério da Educação. “Esse problema tem que acabar. Inclusive o deputado estadual Francisco do PT já se comprometeu com o SINTE/RN e vai promover uma audiência pública no dia 26 de abril, sobre a proposta da lei permanente”, destacou.

VEJA A PROPOSTA APROVADA

PARA OS PROFISSIONAIS DA ATIVA:
Reajuste de 4.17% a partir de abril.

RETROATIVO:
3 parcelas nos meses de abril, maio e junho.

PARA OS PROFISSIONAIS APOSENTADOS:
Reajuste de 4.17% a partir de maio.

RETROATIVO:
Primeira parcela de 4.17% em junho relativo a janeiro;

Seis parcelas de 2.085% nos meses de julho a dezembro, referentes aos meses de fevereiro, março e abril.

Com informações do SINTE/RN

Notícias semelhantes