Piso do Magistério

Professores acatam proposta e descartam greve em Santana do Matos

Prefeitura prometeu pagar a correção salarial de 12,84% na folha de abril, e parcelou o retroativo em três vezes

Os professores da rede municipal de ensino de Santana do Matos acataram, em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira, 18/3, a proposta oferecida pela gestão municipal para pagamento da correção salarial do Piso Salarial Profissional Nacional do magistério.

A prefeitura propôs pagar na integralidade a correção de 12,84% nos salários do mês de abril, ficando o retroativo para ser pago 3 parcelas nos meses de outubro, novembro e dezembro.

Durante o debate, a categoria, acatou, em parte a proposta, deixando pendente o ponto onde o município colocou que o pagamento fica restrito aos recursos do Fundeb. A princípio, uma greve está descartada.

Ao final, a direção do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Santana do Matos (SINDMAT), ressaltou que, apesar a proposta apresentada e acatada pela categoria não ser a desejada, levou-se em consideração a conjuntura existente.

Durante o debate, os trabalhadores buscaram deixar claro para a gestão que a educação tem que ser vista, também, como prioridade, observando que a correção salarial do Piso do magistério em que ser paga no mês de janeiro.

A Federação dos Trabalhadores em Administração Pública Municipal do Rio Grande do Norte (Fetam-RN) esteve presente à assembleia, oferecendo apoio ao SINDMAT e reforçando a luta dos professores municipais pela valorização da educação.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...