Mossoró

Prefeitura prorroga fechamento de comércio até dia 23 de abril

Decisão aconteceu durante reunião da prefeita com o Comitê de Crise de Combate à Covid-19

A prefeita Rosalba Ciarlini se reuniu com o Comitê de Crise de Combate à Covid-19 do Município, nesta segunda-feira (13), para avaliar como as medidas adotadas pela Prefeitura de Mossoró estão contribuindo para minimizar os impactos da Covid-19.

Após apresentação da Secretaria de Saúde sobre a atual situação da cidade em relação ao novo coronavírus, a prefeita Rosalba determinou a continuação do fechamento do comércio não essencial pelos próximos 10 dias, até 23 de abril. O decreto 5.652, oficializando a decisão da prefeita Rosalba Ciarlini, foi publicado hoje.

A secretária de Saúde Saudade Azevedo apresentou à prefeita Rosalba Ciarlini que nos dias 23 de março e 2 de abril foram registrados os maiores picos de notificações da Covid-19 na cidade. Nos dias 23 e 2 houve registro de 36 e 27 notificações, respectivamente. A conclusão da Secretaria de Saúde é que quando a população busca cumprir o isolamento social o número de notificações da coronavírus diminui, mas quando descumpre há uma tendência no aumento de casos notificados.

“A conclusão que nós tiramos da parte técnica e científica é que quando existe uma flexibilização muito grande do isolamento social a tendência é essa curva crescer. Quando as medidas são tomadas com mais rigor, pedindo ao povo que colabore mais, que fique em casa, que evite aglomeração nas ruas, nós temos um gráfico que começa a descer. Nós precisamos reduzir ainda mais essa curva, por isso vamos editar um decreto até amanhã continuando as medidas de isolamento social mantendo o comércio não essencial fechado”, esclareceu a prefeita Rosalba Ciarlini.

Rosalba ainda explicou que o próprio Município está sofrendo com queda na arrecadação financeira, mas que mesmo assim defende o isolamento porque, segundo ela, “a vida não tem preço”. “Eu sei que não é fácil. É difícil. Eu sei que traz inúmeros prejuízos para economia. A própria Prefeitura está sofrendo com a queda de recursos, mas nós entendemos que é preciso sim fazer o isolamento social. Precisamos salvar vidas para depois salvar a economia do nosso Município e do nosso Brasil.”, afirmou a prefeita.

Além da prorrogação do fechamento do comércio não essencial, o decreto suspende até 31 de julho de 2020 a concessão de férias e das licenças para capacitação; para tratar de interesses particulares; para desempenho de mandato em sindicatos de classes, vinculados ao Município e em situação especial.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...