Baraúna

Prefeita se recusa, mais uma vez, a entregar documentos

Equipes de transição já se reuniram duas vezes, mas sem análise de informações

A exemplo do que tem acontecido em Mossoró, a prefeita de Baraúna, Lúcia Nascimento, do Partido Liberal (PL) também tem imposto dificuldades ao trabalho de transição na prefeitura local.

Embora já tenham sido realizadas duas reuniões entre a equipes de transição (da atual gestão e da prefeita eleita), tudo até agora tem se resumido apenas a conversas.

Ontem, durante a segunda reunião, contrariando o que se espera dos gestores, Lúcia Nascimento não entregou as informações solicitadas pela equipe da prefeita eleita Divanize Oliveira, do Partido Social Democrata (PSD).

“Prometeram para a próxima quinta-feira, dia 10. Além de diminuir o tempo que teremos para analisar os documentos até a posse da próxima gestão, em primeiro de janeiro, não temos nenhuma garantia de que a entrega acontecerá mesmo”, ressalta um membro da equipe de transição indicada por Divanize Oliveira.

A prefeita Lúcia Nascimento não concorreu à reeleição. O grupo político que ela integra e que é liderado pelo seu marido, empresário Aldivon Nascimento (PL) optou pela candidatura do também empresário Isoares Martins, do Partido Progressistas (PP). Martins perdeu a disputa para Divanize Oliveira.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...