Regularizando

PMM já pagou mais de R$ 16,5 milhões às terceirizadas em 2017

A Procuradoria Geral negociou, na última quinta-feira (11), o pagamento de débitos que somam quase R$ 6 milhões com as empresas Art Service, Vaga-Lume e a Prime

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Administração e Finanças, a PMM já pagou neste ano R$ 8.385.567,39 referentes a faturas de 2015 e 2016, que correspondem a 51% da dívida total desse período, de R$ 16.524.462,52. Ainda restam R$ 8.138.895,13 a pagar.

O município também pagou R$ 8.291.109,77 referentes às faturas de 2017. No total, as terceirizadas receberam R$ 16.676.677,16 neste ano. A Procuradoria Geral negociou, na última quinta-feira (11), o pagamento de débitos que somam quase R$ 6 milhões com as empresas Art Service e Vaga-Lume, que, juntamente com a Prime, fazem parte de uma Ação Civil Pública (ACP) do Ministério Público.

Pelo acordo firmado com as empresas na 1ª Vara do Trabalho Mossoró, a PMM vai pagar a dívida de R$ 5.843.901,12 em 24 parcelas de R$ 243.495,88, divididas proporcionalmente em relação aos créditos das terceirizadas.Os valores destinados às empresas prestadoras de serviços serão depositados na conta vinculada do Banco do Brasil, visando garantir o efetivo pagamento das verbas trabalhistas. Com isso, os valores dos salários serão liberados diretamente aos empregados, sendo que 80% do montante restante, após o desembolso das remunerações, serão destinados a pagamentos das verbas trabalhistas atrasadas, objetos ou não de ações trabalhistas.

 

Secom/PMM

Notícias semelhantes