Prisão

PM preso por morte de enfermeira em Natal nega crime

Ele teve a prisão decretada no início da tarde desta quarta-feira (13)

Um sargento da Polícia Militar foi preso suspeito de ter matado a técnica de enfermagem Dayana Deise Oliveira de Lima, de 29 anos. De acordo com a Polícia Civil, o motivo é que ele não aceitava o término do relacionamento.

O PM teve a prisão decretada no início da tarde desta quarta-feira (13) após se apresentar à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Em depoimento, ele negou o crime.

O assassinato aconteceu no conjunto Parque das Dunas. A mulher foi morta em frente à casa da mãe. Dayana trabalhava no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e recém-formada em Enfermagem, almejava atuar como enfermeira das Forças Armadas.

Foto: Reprodução
Notícias semelhantes