Covid

Ocupação de leitos de UTI já está em mais de 70% no RN

Apenas dois hospitais estão com índice de leitos ocupados abaixo de 50%

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes Covid já está em 73,3% no Rio Grande do Norte. É o índice mais alto desde o mês de julho, no Estado.

Dos 254 leitos críticos Covid instalados na rede hospitalar potiguar, 178 estão ocupados. Há 65 vagas disponíveis e outras 11 unidades estão bloqueadas.

A região com situação mais preocupante é a metropolitana de Natal, cujo índice de ocupação dos eitos de UTI é de 81,3%. Na sequência, aparece o Seridó, com 74,3% de leitos ocupados, e Oeste, com 60%.

Dos 20 hospitais com leitos de UTI para pacientes Covid, 4 estão com 100% de ocupação: Hospital de Campanha de Natal, Hospital Maternidade do Divino Amor (Parnamirim), Hospital Regional Lindolfo Gomes Vidal (Santo Antônio) e Hospital Rio Grande (Natal). Outros dois estão com índice a parir de 90%: Hospital Colônia João Machado (Natal) e Hospital Regional Alfredo Mesquita (Macaíb ).

Três unidades hospitalares tem taxa de ocupação entre 80% e 84%: Giselda Trigueiro (Natal), Hospital Municipal Aluízio Bezerra (Santa Cruz) e Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade (Pau dos Ferros).

À exceção dos Hospitais Rafael Fernandes (em Mossoró), com 30%, Maria Alice Fernandes (Natal), com 40%, e Hospital Regional de João Câmara (João Câmara) os demais hospitais tem taxas acima de 55%: Hospital Regional Tarcísio Maia (Mossoró, 55,6%), Hospital Manoel Lucas de Miranda (Guamaré, 60%), Hospital Doutor Mariano Coelho (Currais Novos, 60%), Hospital São Luiz (Mossoró, 62,5%), Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos (Assu, 62,5%), Hospital Maternidade Infantil Integrada de São Paulo do Porengi (São Paulo do Potengi, 66,67%), Hospital Regional Hélio Moais Marinho (Apodi, 66,7%) e Hospital Regional Telecila Fontes (Caicó, 76,67%).

EPIDEMIOLOGIA – O Rio Grande do Norte chegou a 145.270 casos confirmados de Covid, com um total de 3.340 mortes causadas pela doença. Outros 585 óbitos estão sob investigação.

Há ainda, em solo potiguar, 84.593 pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus. O número de confirmados recuperados chegou a 104.832, e o de inconclusivos, tratados como “Síndrome Gripal não especificada”, está em 65.820.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...