Levante Feminista

NEM e Revista Matracas realizarão ações de combate ao feminicídio

Programação está marcada para acontecer no próximo dia 25 em praça pública e via You Tube

No próximo dia 25 “Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher”, o Núcleo de Estudos Sobre a Mulher Simone Beauvoir (NEM), vinculado à Faculdade de Serviço Social (FASSO), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), promoverá uma programação especial em Mossoró. O Objetivo da ação é chamar a atenção da sociedade para a luta contra o feminicídio.

Denominado de ARTivismo, o evento está marcado para acontecer a partir das 16h, na Praça Rodolfo Fernandes (Praça do Pax) e todas as atrações chamarão a atenção para o grave crime que é o Feminicídio. Além de discursos sobre a importância da participação de toda a sociedade no combate à violência contra a mulher, o ato contará com a presença de mulheres artistas, como Elizabeth Freitas, Daniele Cesário, Renata Falcão, Ana Carla Azevedo, Roberta Lúcida, Dayanne Nunes, Tony Silva, Marília Kardinally e a banda Coisa Luz.

Como o tema, “Nem Pense em Me Matar”, o Levante Feminista deste ano contará com ações pontuais em 25 Estados, organizadas por mulheres que conhecem a realidade de cada lugar. O ato do NEM no próximo dia 25 representa o movimento Levante Feminista contra os feminicídios em Mossoró, que em conjunto com mobilizações sociais, tem como principal objetivo cobrar ações dos poderes públicos contra violências e assassinatos de mulheres no município.

REVISTA MATRACAS – Além do ato público, o NEM junto com a Revista Matracas circulará no Instagram uma roda de conversa sobre violência contra a mulher. A programação conta com a participação da profª. Drª. Fernanda Marques, do NEM, e terá como convidadas mulheres com deficiência, mulheres trans, mulheres negras, lésbicas e indígenas. Na oportunidade, serão discutidas as várias formas de violência contra a mulher e terão orientações sobre como identificar os tipos de violência, onde buscar ajuda, entre outros.

O “Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher” foi instituído oficialmente no calendário da Universidade. A data busca promover a reflexão sobre as múltiplas formas de violências impelidas às mulheres, além de cobrar de autoridades a criação e implementação de políticas públicas voltadas para a erradicação desse tipo de violência.

Comentários
Loading...
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support