Encanto

MP pede afastamento de prefeito que contraiu Covid-19

Atevaldo Nazário da Silva, de Encanto, teria mantido atividades e encontros habituais, mesmo endo sido diagnosticado com a doença

O prefeito de Encanto, município do interior do Rio Grande do Norte, Atevaldo Nazário da Silva (DEM), é alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público pedindo afastamento do cargo público, por ter sido diagnosticado com o Covid-19, mas não ter seguido o isolamento social, mantendo atividades e encontros habituais. A informação é do site Justiça Potiguar.

De acordo com o portal, a peça é assinada pelo promotor Paulo Roberto de Freitas, e informa que o prefeito deveria ficar isolado por 14 dias após a suspeita de coronavirus, mas não completou o período e teve contato com 49 pessoas, o que poderia levar riscos a saúde pública do município.

O Justiça Potiguar destaca ainda que “após o exame que comprovou o diagnóstico foram registrados 101 casos suspeitos no município. A peça pede tutela imediata de urgência para o afastamento do prefeito”.

 

VEJA AQUI O PEDIDO DO MP

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...