Covid-19

Mossoró recebe 3.500 testes do Ministério da Saúde

Secretaria aguarda a compra de mil testes rápidos comprados com recurso próprio

A Prefeitura de Mossoró recebeu, na quarta-feira (6), mais 3.500 testes do Ministério da Saúde. A secretaria de Saúde do município ainda aguarda a compra de mil testes rápidos comprados com recurso próprio.

A prefeitura explica que exames swab e testes rápidos para detectar o novo coronavírus são exclusivos para pacientes suspeitos que apresentem sintomas da covid-19 até o sétimo dia e por mais de sete dias seguidos, respectivamente. A determinação é do Ministério da Saúde, uma vez que o Brasil ainda não dispõe de quantidade suficiente de teste para todos que apresentem sintomas nos primeiros dias.

A prefeitura de Mossoró realiza testes rápidos e exames swab nas unidades de pronto atendimento (UPAs), seguindo as determinações de uso do Ministério da Saúde. As equipes de saúde das UPAs fazem uma avaliação para identificar se o paciente sintomático suspeito realmente se enquadra nos critérios do Ministério.

Nas primeiras semanas de casos de coronavírus na cidade, o Município só recebia 12 swabs por semana, do Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (LACEN/RN) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP), para as três UPAs de Mossoró. Uma quantidade considerada baixa para o número de notificações e porte da cidade.

Para ampliar a oferta de exames e ter dados mais fidedignos sobre a realidade da pandemia na cidade, a Prefeitura de Mossoró fechou uma parceria com o Instituto de Medicina Tropical da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) para disponibilizar exames swab (feitos por coletas de amostras da garganta e narinas).

Com a parceria do IMT da UFRN, a Prefeitura de Mossoró está realizando 60 exames swabs por dia, aumentando o número de diagnósticos. A Prefeitura também estava utilizando uma remessa de 700 testes rápidos do Ministério da Saúde.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...