Pesquisa

Ministério de Desenvolvimento reconhece APL no RN

UERN, UFERSA, IFRN e outras instituições vão atuar como representantes legais junto à secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado

O Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação do Rio Grande do Norte (APL-TIRN), tem seu reconhecimento pelo Ministério da Indústria, Comercio Exterior e Serviços, através da Secretaria de Desenvolvimento e Competitividade Industrial/Departamento de Competitividade Industrial/Grupo de trabalho permanente.

Aqui no Estado, o núcleo da APL tem a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SEDEC) como titular, e a Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN) na suplência atuando com representantes tais como: UERN, UFERSA, IFRN, IEL, SEBRAE/RN, SAPE, FAPERN, SAPE, INCRASEPLAN, FECOMERCIO, FUNCERN, CEF, BB, BNB, dentre outros. Trata-se de um incentivo importante para o fomento da pesquisa e de projetos.

Um dos grandes objetivos do Núcleo Estadual, se dá em estimular o comprometimento das lideranças dos processos de desenvolvimento das APL’s, juntamente com as cadeias produtivas e territórios nas articulações institucionais e atividades de empreendedorismo.

Esse tipo de atividade irá se ramificar nas áreas de tecnologia ambiental, capacitação, fomento, entre outras que acarretarão numa melhor estruturação da unidade produtiva.

Com informações da ASSECOM/RN

 

Notícias semelhantes