Baraúna

Justiça Eleitoral suspende campanha de candidato a prefeito

Ação de Impugnação de Registro de Candidatura defende inelegibilidade de Isoares Martins por causa de contas de sua gestão terem sido reprovadas pelo TCU

A Justiça Eleitoral determinou, por meio de ,liminar, que o empresário Isoares Martins, candidato a prefeito da cidade de Baraúna pelo Partido Progressistas (PP) suspenda a sua campanha no horário eleitoral gratuito no rádio e na TV, cujo início está previsto para a próxima sexta-feira, 9/10.

O juiz Flávio César Babalho de Melo, da 58ª Zona Eleitoral, deferiu pedido de tutela antecipada apresentado pelo diretório local do Republicanos e por um candidato a vereador.

O Republicanos e o candidato a vereador Coriolano Joaquim de Magalhães defendem a inelegibilidade de Isoares Martins por este ter tido contas reprovadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) quando era prefeito da cidade (2013-2016).

Os denunciantes arguiram, em Ação de Impugnação de Registro de Candidatura (AIRC), que a gestão de Isoares Martins recebeu recursos no montante de R$ 480.000,00 para implantação do sistema de resíduos sólidos da cidade, mas as contas foram rejeitadas pelo TCU. Isoares Martins pode recorrer da decisão.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...