Extremoz

Justiça decreta prisão de suspeito de matar amigo em confraternização

Fantone Maia, de 41, foi baleado pelo suspeito e morreu no local. Outras duas pessoas também ficaram feridas

Ailton Berto da Silva, suspeito de matar Fantone Maia durante uma confraternização na noite do sábado (30), na Praia de Santa Rita, em Extremoz, teve a prisão temporária decretada pela Justiça do Rio Grande do Norte. Ailton agora é considerado foragido.

Fantone, que tinha 41 anos, foi baleado e morreu no local. Outros dois homens também ficaram feridos durante a confusão. O suspeito surtou e atirou contra os próprios amigos.

Uma das vítimas baleadas foi levada para o centro cirúrgico do Pronto Socorro Clóvis Sarinho (PSCS) do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, no Tirol, Zona Sul da cidade. O outro homem baleado foi atendido no Hospital Santa Catarina, em Pajuçara, na Zona Norte de Natal. O estado de saúde dos dois é considerado grave.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...