Drama

Hospitais seguem com superlotação de pacientes de Covid-19

Taxa de ocupação segue em 100% em 4 regiões do Estado; situação só não é grave no Seridó

Os hospitais norte-riograndenses que contam com leitos para atendimento de pacientes de Covid-19 seguem superlotados. “É uma situação repetitiva mas extremamente preocupante”, alerta Petrônio Spinelli, secretário-adjunto estadual de Saúde Pública do Rio Grande do Norte.

Spinelli informou que na região Oeste a taxa de ocupação é de 97.7%. Já no Mato Grande, a taxa é de 100%, o mesmo ocorrendo em Pau dos Ferros. Na região metropolitana de Natal, a taxa é de 98.9%. A situação menos dramática é do Seridó, onde a ocupação é de 74%. “Essas taxas do Oeste e da região metropolitana de Natal significam que na prática os leitos estão 100% ocupados”, alertou o secretário.

O Rio Grande do Norte tem 769 pessoas internadas por causa da Covid-19, das quais 357 em leitos críticos, ou sejam, que precisam de respiradores.

Ainda de acordo com Spinelli, os dados mostram que nos municípios que aderiram ao Pacto pela Vida e ao isolamento social a pressão por leitos hospitalares é bem menor que nas demais cidades.

O Estado tem ainda 16.039 casos confirmados, mas o total pode ser maior porque as testagens feitas nas últimas horas não foram contabilizadas. Há ainda 24.601 pessoas com suspeita de contaminação, além de 639 mortes confirmadas e 109 em investigação.

Notícias semelhantes
Comentários
Loading...